Bento VXI diz que violência não irá apagar a luz de Cristo

Papa fez um apelo para que países promovam defesa à infância

Publicado em 6 de janeiro de 2009 às 22:58

- Atualizado há 9 meses

 O papa Bento XVI declarou nesta terça-feira (6) que os cristãos não devem perder a esperança neste tempo de ódio e violência pois  'não há sombra, por tenebrosa que seja, que possa obscurecer a luz de Cristo'.  Bento XVI presidiu a missa da Epifania do Senhor na Basílica de São Pedro, durante a qual anunciu o Dia da Páscoa, que este ano será celebrada em 12 de abril. Mais de 5.000 pessoas compareceram à missa. O papa criticou 'o egoísmo e a pretensão do homem de se considerar um deus de si mesmo' que, segundo ele, pode conduzir à mudanças nos planos divinos.  Bento XVI afirmou que a Epifania, 'a manifestação do senhor Jesus, é um mistério multiforme' e que a tradição latina a identifica como a revelação do messias de Israel ao povo pagão, enquanto a oriental a relaciona ao batismo de Jesus no Rio Jordão.  Violência contra as crianças

O papa aproveitou sua fala para pedir que a comunidade internacional ajude a dar um fim à violência contra as crianças, lembrando que 2009 marca o 20º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança.

Ele pediu ajuda aos países para 'para renovar a defesa, a proteção e a promoção da infância no mundo inteiro', e salientou que 'as crianças são a riqueza e a bênção do mundo, especialmente daqueles aos quais foi negada uma infância serena'.