LUXO SUBMERSO

Dubai fica debaixo d'água após fortes chuvas e contabiliza prejuízos

Aeroporto ficou inundado; chuvas danificaram infraestruturas públicas e privadas, além de deixar pelo menos uma pessoa morta

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 17 de abril de 2024 às 10:24

Dubai fica debaixo d'água após fortes chuvas e contabiliza prejuízos Crédito: Reprodução

A cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, ficou debaixo d'água após tempestades registradas nos últimos dias, causando transtornos e prejuízos. As chuvas, as maiores no país asiático nos últimos 75 anos, atingiram também outras regiões, como o emirado de Al Ain, e danificaram infraestruturas públicas e privadas, além de deixar pelo menos uma pessoa morta no emirado de Ras al Khaimah.

Em Dubai, uma das cidades mais ricas e luxuosas do mundo, as chuvas deixaram shoppings alagados, carros submersos nas ruas e estradas completamente inundadas. Imóveis tiveram suas casas invadidas pelas águas. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram pessoas abandonando seus carros nas ruas quando o nível da água começou a aumentar e entrar nos automóveis.

A Sheikh Zayed Road, uma rodovia de 12 pistas que atravessa Dubai, também ficou debaixo d'água, deixando milhares de pessoas presas em um engarrafamento quilométrico que durou horas.

No aeroporto internacional de Dubai, o segundo mais movimentado do mundo, a pista de pouso ficou completamente alagada e, por causa do volume de chuvas, as operações precisaram ser encerradas por um período nesta terça-feira (16). A Emirates, uma das maiores companhias aéreas do mundo, chegou a suspender os embarques de passageiros em função do caos provocado pelas tempestades.

“Estamos trabalhando arduamente para recuperar as operações o mais rápido possível em condições muito desafiadoras”, orientou um comunicado emitido pelo aeroporto de Dubai. A administração do equipamento ainda pediu que as pessoas não fossem ao local, “a menos que seja absolutamente necessário”.

A situação foi causada pelo volume de chuvas muito acima do histórico do país, de clima seco e quente. Em apenas 12 horas, foram 100 milímetros, o equivalente a um ano de chuvas nos Emirados Árabes.

As chuvas que atingiram Dubai estão associadas a um sistema de tempestades que atravessa a Península Arábica e o Golfo de Omã. Os temporais atingiram também o Bahrain e Omã, onde pelo menos 19 pessoas morreram em decorrência dos temporais, incluindo crianças em idade escolar.