Indiano não corta unhas há quase 63 anos e bate recorde mundial

Shridhar Chillal, 78 anos, foi reconhecido oficialmente pelo Guinness Book, o Livro dos Recordes

Publicado em 1 de outubro de 2015 às 21:56

- Atualizado há 10 meses

(Foto: Guiness Book)O indiano Shridhar Chillal, 78 anos, foi reconhecido oficialmente pela edição deste ano do Guinness Book, o Livro dos Recordes, como a pessoa com as maiores unhas do mundo em apenas uma mão.

Segundo informações do site britânico 'Daily Mail', ele não corta as unhas há 63 anos. A unha do dedo médio tem 189,6 cm, a do dedo anelar 181,6 cm e a do indicador 164,5 cm.

Em entrevista ao Guinness, ele revelou que deixou começou a deixar as unhas cresceram após uma confusão na escola.

"Quando eu era estudante, eu e meu amigo fomos severamente espancados pelo meu professor, porque o meu amigo havia quebrado a unha que o professor tinha deixado crescer por muito tempo".

"Nós o perguntamos porque ele tinha nos batido apenas por ter quebrado a unha e ele disse que nós nunca entenderíamos o motivo porque nunca tínhamos deixado as unhas crescerem. A menos que deixávamos elas crescerem, jamais entenderíamos o sentimento que alguém sente ao vê-las quebradas", explicou.

Após o episódio, ele resolveu "testar" a teoria do professor e deixou parar de cortar as unhas da mão esquerda. Quando elas começaram a crescer acima do padrão, a família foi contra: "primeiro minha família se opôs, em seguida meus professores, mas mesmo assim decidi nunca mais cortá-las", disse.(Foto: Guiness Book)Por conta do visual diferente, Chillal teve problemas até para arranjar uma esposa. Na Índia, a maioria dos casamentos ainda é arranjado pelas famílias e, por isso, o homem ficou bastante tempo solteiro. "Eu conheci de 10 a 12 mulheres", disse ele. 

"Se a jovem aceitava casar comigo, os pais não deixaram, dizendo que eu ia entragular a filha deles com aquelas unhas enormes. Se a família aceitava, a garota dizia que não ia se casar com um homem tão sujo", relembra. O indiano conseguiu se casar quando tinha 29 anos, com a cunhada do seu irmão.

Hoje, Shridhar revela que tem planos de cortas as unhas e deixá-las preservadas em um museu. A data que isso vai acontecer, contudo, é um segredo que ele ainda não revelou. "Eu posso dizer que estou orgulhoso do que eu conquistei", concluiu o indiano.