Pelo menos 28 morrem em padaria bombardeada em cidade da Ucrânia ocupada pela Rússia

Além disso, 10 pessoas foram resgatadas dos escombros

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 4 de fevereiro de 2024 às 14:04

Padaria é explodida
Padaria é explodida Crédito: Reprodução

Oficiais russos dizem que bombardeios ucranianos mataram pelo menos 28 pessoas em uma padaria na cidade de Lysychansk, ocupada pelos russos. Pelo menos uma criança estava entre os mortos no sábado, 3, escreveu o líder local Leonid Pasechnik em uma declaração no Telegram.

Além disso, 10 pessoas foram resgatadas dos escombros pelos serviços de emergência, disse ele. Oficiais ucranianos em Kiev não comentaram o incidente.

Tanto Moscou quanto Kiev têm dependido cada vez mais de ataques de longo alcance neste inverno, em meio a posições amplamente inalteradas na linha de frente de 1.500 quilômetros na guerra de quase 2 anos.

No entanto, as forças ucranianas sofreram um intenso ataque russo nas últimas 24 horas, com disparos contínuos ao longo da linha de frente, disse o Estado-Maior da Ucrânia em um comunicado neste domingo, 4.

Os combates têm sido particularmente ferozes na cidade oriental de Avdiivka, onde Moscou está tentando cercar as tropas de Kiev, enquanto as forças ucranianas também estiveram na defensiva em Kupiansk, Lyman, Bakhmut e Zaporizhzhia, disseram autoridades.

A administração militar da região de Sumy, na Ucrânia, disse no domingo que as forças russas bombardearam a área em 16 ataques separados no dia anterior, disparando contra as comunidades de fronteira de Yunakivka, Bilopillia, Krasnopillia, Velyka Pysarivka e Esman.