'PROBLEMAS TÉCNICOS'

'Portal' entre Nova York e Dublin é desativado após modelo exibir seios

Fotos do '11 de Setembro' também foram mostradas

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 14 de maio de 2024 às 12:50

Modelo publicou vídeo no Instagram Crédito: Reprodução

Buscando a união entre os continentes, um portal foi inaugurado para mostrar em tempo real Nova York (EUA) e Dublin (Irlanda). Apesar do motivo nobre, o equipamento foi desligado no domingo (12) após a modelo estadunidense Ava Louise usá-lo para mostrar os seios aos europeus.

"Achei que o povo de Dublin merecia ver duas batatas cultivadas localmente em Nova York", disse ela no vídeo postado nas redes sociais.

Além dos seios, outros dublinenses e nova-iorquinos exibiram vídeos pornográficos. Outros conteúdos problemáticos foram suásticas nazistas e até uma foto em celular das Torres Gêmeas do World Trade Center durante o 11 de setembro de 2001.

Após os incidentes, a Câmara Municipal de Dublin disse na segunda-feira (13) que estava trabalhando para resolver "o fluxo de incivilidade".

Embora as autoridades de Dublin tenham dito que a maioria das interações tem sido positiva, "uma minoria muito pequena de pessoas" realizou atos obscenos.

"Não podemos controlar todas essas ações, mas estamos implementando algumas soluções técnicas para resolver isso e elas entrarão em operação nas próximas 24 horas", disseram autoridades de Dublin, segundo a BBC. "Continuaremos monitorando a situação nos próximos dias com nossos parceiros em Nova York para garantir que os portais continuem a oferecer uma experiência positiva para as cidades e para o mundo", completou.