5 dicas práticas para escrever de forma mais criativa

vanessa brunt
25.12.2019, 10:51:01
Atualizado: 25.12.2019, 11:28:39

5 dicas práticas para escrever de forma mais criativa


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


A escrita criativa é a capacidade de escrever de forma inusitada aquilo o que se deseja transmitir. Ou seja, é conseguir ir além de técnicas e de afirmações endurecidas que podem não impactar a todos. É uma prática que leva, inclusive, a um maior poder de argumentação e convencimento, além de estimular o olhar mais detalhado para o mundo. É aquilo que consegue captar a atenção do outro pela inovação.

Como escritora, também dou oficinas de escritas criativas em universidades, escolas (para ensino médio), empresas e eventos diversos. Afinal, a escrita criativa não é somente sobre algo a ser utilizado no papel. Ela pode dar mais ideias para boas propagandas, projetos de marketing e muitos outros formatos e meios.

Resolvi, então, dar uma palinha do que trago nas minhas oficinas e pontuar algumas dicas práticas e que considero basilares para quem quer prender um leitor, espectador ou cliente de formas nada óbvias. Pega o lápis e vamos lá:

1. Use o: como seria se...

Quando pegamos qualquer tema e colocamos em uma realidade paralela em que as coisas sobre ele são tratadas de outra maneira (ou de uma maneira mais dramática), conseguimos abordá-lo de uma forma mais impactante para o leitor. O ideal, por exemplo, é pegar a temática e uni-la a uma outra que possa gerar uma certa comparação.

Um exemplo bacana para entender é essa tirinha que trata sobre a depressão. A intenção é mostrar que depressão é uma doença e, para isso, a arte brinca utilizando um outro tema em paralelo, que são as doenças mais 'reconhecidas como doenças'. Veja:

Outro exemplo é o vídeo Mapa Astral do canal Porta dos Fundos. Para falar sobre como algumas pessoas levam a crença nos signos de uma forma tão séria, a produção brincou, unindo o assunto à temática 'tribunal'. Assim, eles fizeram o: "como seria se os signos pudessem ser usados como argumentos para setenças em um tribunal?". Confira:

2. Use/transforme ditados e brinque com temas atuais

Tem ditados que todo mundo conhece. "Que seja eterno enquanto dure." é uma das frases que acabaram virando um. As palavras, que nasceram no poema de Vinicius de Moraes ganharam outra versão nas mãos do escritor Fafeth: "Que seja terno enquanto cure.", disse ele. Todo mundo consegue lembrar da frase original e entender que houve uma brincadeira criativa com ele, o que gera uma sensação de familiaridade e de quebra ao mesmo tempo: que são duas coisas poderosa para fisgar um leitor em poucas palavras.

Se você está fazendo uma propaganda sobre vendas de casas, por exemplo, que tal brincar com uma expressão assim? Assim como "A primeira impressão é a que fica.", seria possível mudar para: "A primeira casa é a que sempre fica.". É sobre passar uma outra mensagem usando algo que soa conhecido para tantos.

Uma outra forma de utilizar e transformar ditados de forma ainda mais empática, é brincando com temas atuais (de maneira respeitosa). Por exemplo, se hoje falamos tanto do feminismo, foi disso que surgiu o: "Lute como uma garota.", sendo que a frase que todos conhecíamos era: "Lute como um homem.".

3. Utilize palavras de sentidos opostos (de duas em duas) e brinque com um final inesperado

Algumas das minhas frases de maior sucesso pela internet são: "Transbordo em tudo. Fico onde couber.", "Tem coisa que só vira flor quando a gente cor-ta.", "Os mais vivos são os afogados, os únicos que conseguem realmente respirar." e "Ir também é ficar." (que é, inclusive, o título do meu próximo livro). Percebe algo em comum entre essas brincadeiras com as palavras?

Transbordar e caber. A palavra flor (que é geralmente metáfora sobre regar, crescer, cuidar...) e a palavra cortar. Viver e se afogar. Ir e Ficar. Todos esses termos são opostos de certa maneira, o que gera uma quebra de expectativa no leitor: que se está lendo algo sobre uma flor, por exemplo, espera que o texto fale sobre regar, cuidar e por aí vai.

Utilizar opostos é uma maneira de uma passar uma mensagem de forma mais chamativa e impactante e é uma das melhores formas de fazer frases criativas.

Criar um final inesperado, inclusive, é mais uma maneira de fortalecer a sua produção. Lembram desse trecho famoso do filme 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você?

4. Utilize dois temas para criar metáforas

Pegar dois temas diferentes e criar paralelos e analogias entre eles é uma excelente forma de fazer metáforas de fácil entendimento e que ao mesmo tempo soam fora da caixa. Um exemplo seria usar o tema Amor Inescapável e Moda. Foi o que foi a compositora e cantora Taylor Swift na letra sua música Style. Veja com tradução:

A artista brinca com a ideia de que ela e uma determinada pessoa 'não saem de moda' e por isso continuam voltando uma para a outra. Ela fala de saias, cortes de cabelo e outros diversos detalhes que lembram da palavra estilo/moda enquanto faz analogias com o amor inescapável (que sempre acaba retornando).

Outra forma, por exemplo, seria para caso você quisesse falar para alguém 'sair de cima do muro' e resolver se quer ou não ficar. Que tal fazer isso criando metáforas sobre ser uma casa (que seria o segundo tema)? Veja o exemplo:

5. Transforme detalhes cotidianos em algo poderoso

Por que Whindersson Nunes, o youtuber com mais de 37 milhões de inscritos, chegou a tamanho sucesso? As respostas podem ser várias e podem até incluir a humildade do artista, que continuou sempre fazendo gravações em cantos simples da sua casa, como perto da caixa d'água. Mas tem um detalhe no meio de tudo isso que se destaca: Whindersson pega detalhes do cotidiano que todo mundo já viveu de alguma maneira e aprofunda isso de forma criativa.

Utilizar algo que parece simples e você vive assim como todos pode parecer óbvio demais, mas justamente por isso é que não é. Sabe quando você vai tomar banho em uma água muito gelada e esquece de molhar as costas? Muita gente já passou por isso, mas quase ninguém fala sobre. Quando o leitor percebe que você disse algo assim, que ele vive ou viveu no próprio cotidiano, ele se conecta com mais facilidade e a empatia gera interesse.

Mas, para deixar tudo ainda melhor, não é somente citando esses detalhes que o seu texto vai ficar poderoso. O ideal é também transformar pequenos atos assim em algo grandioso para um personagem ou para usar como argumento, o ideal é estar detalhando. Se vai falar que um personagem comeu miojo e você quer falar sobre como miojo é delicioso, ainda que não seja tão saudável, então fale sobre o imenso prazer que ele sentiu ao comer. Veja um exemplo aqui.

Extra: um detalhe importante é sempre trazer dados para muito além dos números. Dê dimensão a esses números falando de coisas que são mais 'palpáveis' para o leitor. Por exemplo: ao invés de dizer "14 metros", diga: "Seria como se tivéssemos mais de duas quadras de futebol jogadas fora".... ou: "Seria como se o Brasil pegasse fogo".


Vanessa Brunt é escritora, autora de oito livros, jornalista e produtora de conteúdos digitais. Sua coluna acontece em todas as quartas-feiras aqui no CORREIO.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/youtuber-compra-mansao-de-r-65-milhoes-apenas-para-gravar-videos/
Camila Loures disse que seguirá morando em sua antiga residência
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/daniela-faz-live-nesta-sexta-feira-29-com-transmissao-no-multishow/
Apresentação da cantora será em casa e terá clássicos como O Canto da Cidade, além de canções novas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/na-frente-do-stf-bolsonarista-sara-winter-xinga-moraes-e-ameaca-persegui-lo-assista/
Alvo de operação da PF contra rede de fake news, ativista convocou manifestantes para acampar na frente da casa de ministro do Supremo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/duster-2021-veja-tudo-que-mudou-no-suv-da-renault/
Jornalista automotivo testou o modelo e apresenta suas impressões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/novelas-classicas-chegam-ao-globoplay-e-a-favorita-e-a-primeira/
'Laços de Família', 'Vale Tudo' e 'Tieta' estão entre as próximas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-parte-1-dia-de-tradicao-antecipada-teve-licor-e-forro-em-familia-em-salvador/
Para aliviar tensão da pandemia, muita gente recorreu ao humor e, claro, ao rango típico nessa segunda-feira atípica
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anitta-x-leo-dias-entenda-o-conflito-entre-a-cantora-e-o-jornalista/
Cantora afirmou que era ameaçada e chantageada há alguns anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-dicas-para-se-dar-bem-nas-selecoes-de-emprego-pela-internet/
Especialistas selecionam uma série de orientações importantes para fazer bonito nas entrevistas
Ler Mais