5 ilustradores com artes que você vai querer no seu plano de fundo

vanessa brunt
13.11.2019, 13:02:33
Atualizado: 14.11.2019, 08:21:43

5 ilustradores com artes que você vai querer no seu plano de fundo


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Como escritora e como ser humano que mal sabe desenhar um boneco de palito, tenho fascinação por obras ilustradas. Elas, bem como pinturas, têm o poder de criar textos completos sem precisar de uma palavra. E, eu, que sou das letras, muitas vezes enxergo uma poesia inteira ao bater os olhos em certos desenhos.

Não à toa, já tivemos aqui uma lista de 5 ilustradores baianos para acompanhar pela internet e um compilado de grafiteiras que estão movimentando o cenário em Salvador.

Para além dos incríveis nomes que já foram indicados nesta nossa coluna de todas as quartas, passei a utilizar o Pinterest de forma mais constante recentemente e, por lá, descobri novos ilustradores de tirar o fôlego, que me fizeram ter vontade de colocar suas artes nas telas do meu celular, computador ou, até, em molduras pelas paredes.

Resolvi, então, juntar esses artistas de diversos cantos do mundo e com formatos tão diferentes entre si, para fazer mais uma lista repleta de poesias em imagens. Confira e saiba onde encontrar artes sempre atualizadas de cada um:

1. Pascal Campion | @pascalcampionart 

Com ilustrações que representam o interior das pessoas através “do exterior”, o desenhista estadunidense Pascal Campion, de 46 anos, faz artes que vão da vida urbana até escapes pela natureza.

O artista – que é o meu favorito de todos os tempos e que já conhecia antes do Pinterest – costuma utilizar de jogos com luzes e sombras, criando diversas metáforas para representar sensações em meio a detalhes cotidianos, sejam eles contendo o foco no amor-próprio ou nas relações (amorosas, familiares, sociais, entre outras). 

Campion, que já fez trabalhos para clientes como a Disney, Nickelodeon, Cartoon Network e MTV, já afirmou que desenha sobre aquilo o que observa e sente. Ou seja, na maior parte dos casos, os personagens são inspirados em pessoas e momentos reais.

➨ Onde reside: River Edge, Nova Jersey, EUA
➨ Onde acompanhar as ilustrações pela internet: Pinterest  | No Tumblr é possível encontrar com melhores qualidades

2. Débora Islas | @deboraislas 

A artista visual Débora Islas é paulista e trabalhou em diversas revistas, como a Gloss, Claudia (onde foi Editora de Arte) e Atrevida. Ela, que faz encomendas para clientes de todo o país, produz não somente ilustrações, mas também colagens, as quais podem misturar fotos reais com seus toques desenhados. E não para por aí, já que Islas também faz artes com lettering.

A artista brinca com temas diversos e vai do feminismo e de traços mais abstratos até ilustrações poéticas que utilizam detalhes da natureza para trazer reflexões. Desenhos que representam com traços fiéis seres humanos reais, pets e outros aspectos também não ficam de fora.

Não pare, portanto, nas primeiras obras de Islas que encontrar por aí. Ela sempre tem outras temáticas e poesias imagéticas para mostrar. As críticas sociais estão por todos os lados da sua arte e, apesar de misturar no perfil de Instagram os próprios desenhos com dicas de viagens e outros conteúdos, é possível encontrar apenas ilustrações de Débora em outros links (veja abaixo).

Para quem quer fazer um orçamento com a ilustradora, ela recebe pedidos (de artes já prontas ou de novas obras requeridas) apenas por e-mail: deboraislas@gmail.com.

➨ Onde reside: São Paulo, capital
➨ Onde acompanhar as ilustrações pela internet: Pinterest – no qual compartilha também obras de outros artistas | Behance | Produtos no Collab55 | Instagram 

3. Otto Kim | @ottokim 

Otto Kim é um ilustrador chinês que  se comunica em inglês através das redes sociais com diversos dos seus fãs, os quais estão ao redor de todo o mundo. Com personagens que geralmente não mostram o rosto, estando de costas, de lado ou até apenas com partes 'soltas' do corpo aparentes, Otto impressiona por conseguir passar grandes emoções ainda que o olhar, por exemplo, não seja, em suas obras, a janela da alma.

O artista, que é meu novo vício, utiliza de plantas, flores ou objetos variados para complementar suas artes, as quais trazem metáforas diversas. Solidão, solitude, inquietação, amor, paz interior, autoconhecimento, superação e diversos outros temas se misturam em seus traços com, ainda, a ideia de sempre tentar enxergar os lados positivos de certas perdas e cicatrizes.

Fácil de gerar identificação, mesmo sem as expressões faciais dos personagens, Kim ainda traz artes nas quais as cabeças se transformam em semáforos ou casas, por exemplo. Mas, calma, se não quer personagem algum na imagem, há também essa opção.

➨ Onde reside: é da China, mas não há certeza se continua residindo no país
➨ Onde acompanhar as ilustrações pela internet: Instagram | Pinterest

4. Masa Tattooer | @masa_tattooer

Para os apaixonados por tatuagens ou apenas por ilustrações em geral, o tatuador Masa Tattoer é conhecido pelas suas obras poéticas sobre os ganhos das perdas. Uma menina que desiste de usar o guarda-chuva e acaba descobrindo novos horizontes ou outra que ganha flores por causa da sua cruz são apenas algumas das simbologias cheias de lições que ele traz.

Com traços finos e leves, o ilustrador não costuma utilizar cores além do preto para fazer seus desenhos, mas vez ou outra uma obra colorida aparece em seu perfil. Casais, homens e apenas objetos que trazem mensagens variadas também surgem nas suas artes.

Também sem foco para o rosto dos personagens, Masa encanta por conseguir fazer grandes poesias em imagens com pequenos detalhes. Uma flor com um band-aid, por exemplo, ganham grandes sentidos sem sequer a necessidade de mais nada além.

➨ Onde reside: Yangjae, Coreia
➨ Onde acompanhar as ilustrações pela internet: Instagram | Pinterest 

5. Francesco Bongiorni | @francescobongiorni 

De todos da lista, o que mais faz críticas sociais de peso em suas metafóricas ilustrações é o  italiano Francesco Bongiorn. Suas obras minimalistas são frequentemente utilizadas em artigos e livros, incluindo na lista clientes como o New York Times, Harvard Business Review e Business Week.

Críticas ao sistema político, à falta de empatia, ao uso imprudente das novas tecnologias, aos preconceitos sociais universais e a diversos outros temas surgem nas artes de Bongiorni. Ele assinou, inclusive, a arte da capa do livro Metamorfose, de Kafka.

Sempre com algum personagem humano presente, suas obras trazem um enfoque em todo um cenário bem construído que, através dos detalhes, formam uma ideia completa e recheada de entrelinhas. O azul, o amarelo e tons de vermelho costumam ser as cores mais utilizadas nas ilustrações, mas é possível navegar em tantas outras, sempre coloridas.

➨ Onde reside: Itália
➨ Onde acompanhar as ilustrações pela internet: Instagram | Site oficial  | Pinterest
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/historia-e-solidariedade-marcam-a-primeira-live-do-bloco-ile-aiye/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moda-comunica-mais-que-tendencias/
Representatividade  é o tema desse editorial fotografado e protagonizado por jovens negros
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-sofrencia-musicas-de-arrocha-foram-as-mais-ouvidas-pelos-baianos-na-quarentena/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais