5 marcas artesanais com produtos costurados por mulheres baianas

vanessa brunt
24.07.2019, 05:00:00
Atualizado: 24.07.2019, 17:39:47

5 marcas artesanais com produtos costurados por mulheres baianas


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pode parecer um grande clichê a repetição de que lugar de mulher é onde ela quiser, mas continua sendo (ainda) fundamental relembrar que seja costurando, desenhando ou inovando no universo da marcenaria, qualquer mão feminina tem a capacidade de criar bem o que desejar, assim como uma mente masculina.

Pode ser óbvio para alguns, mas é importante frisar essas afirmações, já que preconceitos ainda permanecem fincados nas sociedades com vestígios patriarcais. Um estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por exemplo, mostra que a desigualdade salarial entre homens e mulheres continua. Mesmo com uma queda no desequilíbrio entre 2012 e 2018, as trabalhadoras ganham, em média, 20,5% menos que os homens no Brasil.  

Na Bahia, porém, a independência financeira feminina tem se mostrado crescente através das realidades de mulheres empreendedoras que são, hoje, as próprias chefes. Misturando arte e negócio, elas fazem o trabalho criativo e braçal para cada produto vendido pelas marcas que elas mesmas fundaram e comandam.

DAQUI PARA O BRASIL
Com envios para todo o país, essas mulheres produzem desde pequenos itens de decoração e utilitários até móveis completos e peças de moda. Bordando, costurando, tricotando ou modelando objetos, elas têm ampliado públicos com trabalhos cada vez mais personalizados e exclusivos. 

Confira cinco marcas fora do óbvio e com diferentes propostas que são voltadas para itens costurados ou feitos manualmente de diversas formas por mulheres líderes com veias poéticas e arretadas:

1. Candida Specht | @candidaspecht 

"Produtos feitos para acompanhar você aonde for e em todos os momentos do seu dia", assim são divulgados os itens da loja Candida Specht, que conta com um catálogo repleto de bolsas, necessaires, malas, mochilas e outras peças para carregar as miudezas e grandezas de cada rotina e de cada viagem. 

(Foto: Divulgação)

Idealizada por Candida (de mesmo nome da marca), o projeto nasceu através da sua paixão pela costura e, desde lá, teve como propósito uma produção que flerta com os conceitos slow fashion e slow life. "Prezamos por materiais leves, duráveis e uma cadeia de produção honesta: da concepção do primeiro esboço à mão de obra que costura nossas ideias", conta a empresária.

O objetivo da marca é inspirar a conexão com a natureza, valorizar as raízes baianas e engajar o respeito às particularidades de cada ser humano. Carteiras, pochetes e cangas são algumas das outras opções em estoque.

Como fazer pedido online: pelo WhatsApp – (71) 99943-3686.| Envios para todo o Brasil.
Loja física: R. Macaúbas, 722-B - Rio Vermelho.
Faixa de preço: os produtos podem ir de R$ 50 a R$ 230.

2. Chá das 2 | @cha.das2 

Itens de decoração com técnicas de crochê, tricô e macrame feitos à mão compõem a marca Chá das 2, que tem sedes na capital baiana e em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. A loja, que faz vendas para todo o país, nasceu em 2016, quando as amigas Núbia (que se mudou para o sul do Brasil) e Rebeca decidiram explorar a ideia de vender itens que criaram e produziram inicialmente para suas próprias casas. 

Almofadas, cestos, puffs de chão ou com pés, porta-objetos e cachepôs são algumas das opções disponibilizadas pela marca, que personaliza sob medida para os clientes. O nome do projeto, inclusive, veio do hábito das sócias de marcarem seus encontros por volta das 14h para tomar um chá e ter novas ideias.

(Foto: Divulgação)

Sustentabilidade e personalidade são os dois pilares do Chá das 2, já que os produtos costumam misturar materiais, mas a matéria-prima predileta é o fio de malha (tshirtyarn, em inglês), um material sustentável proveniente das sobras da indústria têxtil, que é utilizado na confecção de objetos como organizadores especiais e suportes para plantas.  

Como fazer pedido online: através do Direct do Instagram ou do site oficial (https://www.chadas2.com.br/catalogoonline). | Envios para todo o Brasil.
Loja física: não tem.
Faixa de preço: os produtos podem ir de R$ 50 a R$ 600, a depender do tamanho e dos materiais utilizados.

3. Com Amor, Dora | @comamordora 

Feminismo, afeto e costura criativa são os pilares da marca Com Amor, Dora. O projeto baiano, criado em 2015, produz moda democrática e acessórios sustentáveis para todo o Brasil e todos são feitos pelas mãos de mulheres da capital. É possível encontrar uma vasta gama de opções nos itens da Dora, como quadros, estojos, roupas, faixas para cabelos, cadernos, colônias de Flor de Laranjeira e velas. 

As linhas totalmente voltadas para sustentabilidade também não ficam de fora, como é o caso dos kits para marmitas com canudo inox, absorvente de pano e discos reutilizáveis para limpezas de pele. Todos os produtos são feitos por três mulheres empreendedoras. Além de Isadora Alves, criadora da marca, a Dora conta com as costureiras Edna e com Erica, responsáveis pelas necessaires e outros produtos detalhados e com menores tamanhos.

(Foto: Divulgação)

"Erica tem dois filhos e sustenta sua família com seu trabalho na costura", conta Isadora que, além de um blog (http://blog.comamordora.com.br/), no qual compartilha os lados mais pessoais da própria vida, também criou a loja Guapa, agora com mais de 30 marcas de mulheres artesas, estilistas e alquimistas. A Guapa, que foi fundada junto com Tarsila Ferreira, já foi divulgada aqui na coluna na lista de 5 lojas criativas e colaborativas nada óbvias de Salvador.

Como fazer pedido online: através do Direct do Instagram (https://www.instagram.com/comamordora/). | Envios para todo o Brasil.
Loja física: Loja Guapa - Shopping Rio Vermelho, loja 001.
Faixa de preço: pode ir de R$ 15 até R$ 227, a depender do produto.

4. La Abuela | @casadaabuela 

Bordados à mão são a especialidade de Tarsila Ferreira, que comanda a marca La Abuela. Ferreira produz desenhos e frases (coloridos ou não) em bolsas, cadernos, camisas, estojos, pesos de porta, sacolas de compras sustentáveis, quadros, chaveiros, brincos e outros itens – que podem ser personalizados com uma frase ou nome de alguém (à escolha do cliente).

(Foto: Divulgação)

Por conta do crescimento da produção, além da Tarsila – que também é uma das fundadoras da loja Guapa (citada acima) –, a La Abuela conta com o suporte da costura à máquina feita pela parceira Érica Pereira para a finalização de alguns produtos.  

"Promovo também oficinas e encontros para bordar em grupo. Acredito cada dia mais na importância da presença física, da troca de experiências e possibilidades que surgem quando nos conectamos pessoalmente", conta Ferreira, que observa o crescimento do mercado empreendedor e artesanal de mulheres baianas.

Como fazer pedido online: pelo perfil no site Elo7 e através do Direct do Instagram @casadaabuela). | Envios para todo o Brasil.
Loja física: Loja Guapa - Shopping Rio Vermelho, loja 001.
Faixa de preço: a faixa de preço costuma ser entre R$ 25 e R$ 45.

5. Será que Ornô? | @seraqueorno

Única da lista que não conta com produtos necessariamente costurados, a Será que Ornô? conta com canecas, bebedouros, quadros, pratos, caixas e placas como alguns dos produtos disponíveis. A marca, que traz pinturas, desenhos e/ou frases em cada um dos itens, sempre produz cada leva das peças em baixa escala, ajudando na exclusividade. Todos os objetos da loja contam com bases como cerâmicas, porcelanas e filtros de barro.

(Foto: Divulgação)

Bianca Tourinho, criadora da marca e a mão por trás de cada criação, teve a ideia de vender os produtos por sempre ter tido a mania de reaproveitar materiais para criar novos. Autodidata, ela aprendeu técnicas de marcenaria pela internet e livrarias. A empreendedora foi desenvolvendo objetos decorativos até surgirem as plaquinhas com sobras de madeiras. 

"Reverberar poesia, o bom convívio, a gentileza, a religiosidade e a cultura do meu povo (do Nordeste) são as principais bandeiras do meu trabalho, através de uma arte de fácil entendimento", conta a fundadora.

Como fazer pedido online: pelo WhatsApp – (71) 9172-2882. | Envios para todo o Brasil.
Loja física: loja Mel com Dendê (no Shopping Bela Vista) e loja Bendita Bahia (https://www.instagram.com/benditabahia/) (em Porto Seguro).
Faixa de preço: as canecas custam R$ 45, as placas ficam por R$ 50 e os filtros chegam a R$ 320. Mais informações somente via WhatsApp ou nas lojas físicas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas