500 voluntários de Salvador irão receber vacina de Oxford contra coronavirus

coronavírus
08.07.2020, 13:25:10
Atualizado: 08.07.2020, 16:10:14
(Shutterstock)

500 voluntários de Salvador irão receber vacina de Oxford contra coronavirus

Apenas funcionários da Rede D'Or São Luiz participarão dos testes

MIl voluntários de Salvador irão participar dos testes de uma vacina contra o coronavírus. Desses, 500 irão receber doses reais, enquanto os outros 500 irão receber uma outra versão, com efeito placebo, para serem do grupo de controle. Ninguém saberá qual dose tomou.

Apenas funcionários da Rede D'Or São Luiz, que administra hospitais em todo o Brasil, participarão do estudo da vacina produzida na Universidade de Oxford, na Inglaterra. Em Salvador, o grupo é responsável pelo Hospital São Rafael e, recentemente, concluiu a aquisição do Hospital Aliança.

Para participar é necessário ser um profissional de saúde adulto, com idade entre 18 e 55 anos, que não tenha sido contaminado com o novo coronavírus e que apresente risco aumentado de infecção. Será feito um exame antes de aplicar a vacina, para saber se o voluntário está ou já esteve com a covid-19.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas