'A Força do Querer': Silvana é presa em cassino clandestino

TV
02.08.2017, 11:27:00
Atualizado: 02.08.2017, 11:34:46

'A Força do Querer': Silvana é presa em cassino clandestino

Em meio ao jogo, policiais invadirão o local e darão ordem para que todos sejam levados à delegacia
Silvana é presa em cassino clandestino

A sorte não vai pintar para o lado de Silvana (Lilia Cabral) em 'A Força do Querer'. A arquiteta será levada pela polícia para uma delegacia após ser flagrada jogando em um cassino clandestino. Depois de uma abstinência, a moça acaba se rendendo ao vício e não conseguirá esconder do marido seu segredo. Eurico (Humberto Martins) será o responsável por tirar a mulher do local.


Toda situação acontecerá logo após a arquiteta ser salva de uma ameaça de morte por Bibi, por conta de uma dívida que contraiu em um cassino. Depois do susto, Silvana diz que irá tentar ficar longe das mesas de aposta, mas é diagnosticada pelos empregados de sua casa com sintomas de abstinência e acaba se rendendo ao vício em um cassino clandestino.

Em meio ao jogo, policiais invadirão o local e darão ordem para que todos sejam levados à delegacia. "Por favor, não faça isso. Eu nem sabia que era um cassino, vim acompanhando uma amiga. Onde é que ela está?", dirá a mulher de Eurico. "Delegacia!", insistirá o policial, puxando-a pelo braço. "Eu não posso ir pra delegacia. O senhor sabe quem eu sou?", retrucará Silvana.

O policial ignora a indagação de Silvana e a levará para o carro junto com todos os outros jogadores. "Não faça isso. Eu não posso entrar aqui. Eu nem caibo aqui dentro", implorará, sem sucesso.

Eurico será avisado que a mulher foi presa, mas só irá descobrir o real motivo quando chegar na delegacia. "O que foi que aconteceu com ela?", questionará ao delegado. "Pega no cassino clandestino", revelará o policial.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas