A moda na quarentena e na TV

entretenimento
25.04.2020, 10:00:00
O Next In Fashion, da Netflix, é apresentado por Tan France e Alexa Chung (Divulgação)

A moda na quarentena e na TV

Aproveite a época de confinamento para assistir documentários e séries fashion

Os fashionistas andam entediados porque se montar não está mais na moda, pelo menos nesse momento de pandemia, que a mensagem é clara: “fiquem em casa”. E vamos combinar? No lar doce lar, preferimos a casualidade, nada que nós dê muito trabalho. Roupas práticas e muito conforto. O pijama virou realmente o look do dia, inclusive para essa dupla aqui, que vos escreve.

Sendo assim, nós, curadores e amantes do fashion, preparamos uma lista especial de reality shows, séries e documentários, capazes de afastar o tédio e nos transportar para mundos fantásticos, nos quais o glamour e as formosas roupas nos envolvem. Neles, podemos ser uma design de figurinos incrível, como a Ruth Carter, que ganhou o Oscar pelo filme Pantera Negra, ou nos inspirar nas criações dos estilistas do Next in Fashion ou de Making the Cut.

Na nossa seleção, a premissa básica foi fugir do óbvio. Amamos os clássicos e pensamos que eles devem ser revistos sempre, mas a ideia foi buscar algo bem atual, com o objetivo de surpreender você, caro leitor. Confira nosso top 10: 

  • Explicando - Bem conectada com os dias atuais, a série foi inaugurada em maio de 2018, tem duas temporadas, e passa no serviço de streaming Netflix. Ela explora temas bem variados que vão do futuro da carne até a ascensão das moedas digitais. A nossa dica é focar no sétimo episódio, da segunda temporada, lançada em 2019, batizado de Look Esportivo. Nele, você vai entender como mudamos nosso comportamento em relação às roupas esportivas e estamos nos vestindo cada vez mais casuais. Como os tecidos criaram uma revolução no vestuário, a exemplo do elastano, e a luta das pessoas pelo direito de se mexer livremente, o que resultou em mudanças culturais relevantes. O melhor? O episódio só tem 16 minutos e dá para assistir bem rapidinho.
  • Next In Fashion - Uma batalha de criadores de moda que tem como desafio criar looks bafônicos em um período de tempo curtíssimo. Esse é o tema da série que está passando no Netflix, com dez episódios, lançada em 2020 e cujo prêmio é o valor de US$ 250 mil e a oportunidade de vender uma coleção no e-commerce de luxo Net-A-Porter. Se o roteiro não é tão  original, já que esses modelos já foram bem batidos nos canais de streamings, vale a pena assistir pelo casting lacrativo - vários estilistas de talento (muitos promissores) e jurados estrelados como Tommy Tommy Hilfiger, Adriana Lima e Elizabeth Stewart. Sem falar no casal de apresentadores, a fashionista britânica Alexa Chung e estilista Tan France, da série Queer Eye, que juntos têm uma ótima química. Vamos aguardar ansiosos, a segunda temporada.
  • Making The Cut - O reality do Amazon Prime, estreou no fim de março e já está fazendo a alegria dos amantes de moda. É uma resposta milionária ao Next In Fashion, da Neflix. Ele reúne a antológica dupla de apresentadores: a top model alemã Heidi Klum e Tim Gunn, consultor de moda norte-americano. Todo fashionista que se preze, conhece-os pelo Project Runway, que foi exibido na TV de 2004 a 2019 (ficando só dois anos fora do ar, entre 2017-2018) e marcou o formato de concursos de estilistas na televisão. Nesse novo programa, 12 fashion designers experientes de diferentes partes do mundo e dos EUA criam looks incríveis e duelam pelo prêmio de US$ 1 milhão. Cada look vencedor dos desafios está disponível para venda no site da Amazon. Além disso, o programa roda as capitais globais da moda: Nova Iorque, Paris e Tóquio, aproveitando cenários inspiradores. Os jurados são um caso à parte. Confira a lista: a supertop Naomi Campbell, a socialite fashionista Nicole Ritchie, a diretora criativa Carine Roitfeld (ex-Vogue França), a digital influencer Chiara Ferragni (que também tem um documentário sobre sua carreira na Amazon Prime) e o estilista Joseph Altuzarra. Cada episódio tem média de 52 minutos. Imperdível!

A dupla Heidi Klum e Tim Gunn retoma parceria no reality show Making The Cut(Foto: Divulgação)

  • Se Essa Roupa Fosse Minha - Na plataforma de streaming da Globo, a Globoplay, você consegue assistir à série que estreou com a primeira temporada em 2019 no canal GNT e tem como premissa um consumo de moda consciente. Ao longo de 13 episódios, as três apresentadoras - a consultora de moda sustentável Giovanna Nader, a stylist Marina Franco e a estilista Ana Paula Xongani - circulam por brechós em São Paulo, dando dicas de como usar peças de segunda mão. Todo episódio tem uma temática diferente - a exemplo da moda Agênero, Color Block e Sportwear - e uma peça é escolhida e ressignificada pelo trio. O objetivo é fazer um grande evento de troca no final, mostrando novos caminhos para o consumo. O ponto alto é a participação do especialista em design para sustentabilidade André Carvalhal em todos os episódios que duram em média 25 minutos. 
  • Sem Medo da Vergonha - Divertida e libertária, essa produção argentina da Netflix é a boa pedida para relaxar e rir também. Ela acompanha o dia-a-dia de Santiago Artemis, estilista argentino de 28 anos, nascido em Ushuaia (no extremo sul do país, conhecida como a “cidade do fim do mundo”) e que fez fama em Buenos Aires. Santiago tem uma personalidade exuberante, excêntrica e extrovertida. Já desenhou roupas para Katy Perry e Britney Spears. O reality revela detalhes de seu trabalho criativo, com a alta costura, e acompanha seus atendimentos a clientes. Um dos episódios mais bonitos é o que retrata a sua cidade natal - explicando como ter coragem de ser quem é foi uma decisão corajosa. Como o nome da série entrega, seu retratado não se intimida com nada. Para o público brasileiro tem um elemento a mais, a participação da apresentadora Xuxa em um dos episódios. Santiago era criança quando a brasileira tinha um programa na TV argentina e virou seu fã. A série estreou em setembro de 2019 e possui seis episódios com duração média de 40 minutos cada, que passam rápido. Quem gosta de uma montação vai se inspirar!

Santago Artemis é o foco de Sem Medo da Vergonha (Foto: Divulgação)
  • Abstract - The art of Design - Essa série documental focada em arte é produzida pela própria Netflix e conta com duas temporadas. A segunda foi lançada em 2019 e tem 6 episódios, cada um com uma média de 45 minutos de duração. Assistindo-a, o telespectador consegue entender as mentes dos maiores designers do mundo. Estamos acostumados com séries em que é preciso ver os episódios em ordem, mas, nesse caso, você pode burlar essa regrinha e pôr em foco a parte de moda. No terceiro episódio, é possível imergir no mundo de Ruth Carter, designer de figurino e ganhadora do Oscar (nessa categoria) pelo filme Pantera Negra. A figurinista americana também fez parcerias com o cineasta Spike Lee em filmes como Malcom X e Faça a Coisa Certa. Esse último já coloque na listinha da quarentena porque os figurinos esportivos são pura inspiração para o dia-a-dia (está passando no canal Telecine). 
  • Styling Hollywood​ - Se você se interessou pelo programa anterior dedicado a figurinista negra Ruth Carter, vai querer assistir esse também na Netflix. O reality acompanha a vida e o trabalho do estilista Jason Bolden e seu marido, o designer de interiores Adair Curtis, donos da empresa JSN Studios. O diferencial aqui, além de também tratar de decoração, é colocar em evidência profissionais negros. Algo que, infelizmente, não vemos com frequência no mundo fashion. Jason veste principalmente celebridades negras consagradas, ou em ascensão, para os tapetes vermelhos das premiações do cinema, música e televisão. O marido dele cuida dos projetos das casas desses mesmos clientes. Composta por oito episódios com média de duração 40 minutos cada, o roteiro explora sempre o lado bem humorado do casal. A série estreou no Brasil no segundo semestre do ano passado e já tem uma segunda temporada garantida nos EUA, onde recebeu boas críticas por trazer representatividade ao panorama televisivo.
  • McQueen - Um gênio inquieto e atormentado, mas de uma criatividade absoluta. É assim que o documentário homônimo retrata Alexander McQueen. O estilista inglês, que marcou a história da moda, cometeu suicídio aos 40 anos, em 2010, no auge de sua carreira. Sua importância na moda é tão reconhecida que, apenas um ano após sua morte, o Metropolitan Museum of Art (The Met), em Nova Iorque, fez uma grande exposição retrospectiva de sua carreira, batizada de “Savage Beauty” (Beleza Selvagem – em livre tradução). Assistindo a obra, que está disponível no YouTube, mas sem legenda em português, ficamos sabendo que, aos 3 anos de idade, McqQueen desenhava vestidos nas paredes de casa; aos 15, costurava para as irmãs; na adolescência, já procurava emprego com alfaiates em Londres e, sem falar italiano, foi a Milão tentar trabalhar. Em 1992, termina sua formação, na prestigiada San Martin de Londres, onde apresenta uma coleção sobre Jack, o Estripador. A milionária Isabella Blow adquire toda a coleção e se torna sua grande amiga. Os temas obscuros e imagens góticas permeiam sua vida inteira, até durante seu trabalho na Givenchy. O documentário feito em 2018 (nunca exibido no Brasil) é uma bela homenagem a esse criador inesquecível da moda.
  • Killing Eve - Uma série que acompanha a perseguição a uma serial killer pode ser fashion? Por mais que não pareça, a resposta é sim! A sinopse é simples, a agente do serviço secreto inglês Eve (Sandra Oh, de Grey´s Anatomy) fica obcecada em descobrir quem é um misterioso assassino, que depois se revela mulher, cujo nome é Villanelle (Jodie Comer). Pois bem, aí que entram vários detalhes fashion. A assassina é apaixonada por marcas de luxo, o que faz do seu figuro um deleite, composto por marcas como: Burberry, Dries Van Noten, Chloé , Alexander McQueen, Gucci, Miu Miu e Christian Lacroix. Outro detalhe - a atriz britânica Jodie Comer já foi alçada a ícone da moda e estampa a capa da Vogue inglesa desse mês de abril.  Roteiro inteligente, excelentes atuações e o tom de humor negro garantem uma ótima diversão. As duas temporadas (2018-2019) já estão disponíveis no Globoplay e uma terceira já está garantida.

Jodie Comer é uma assassina fashion em Killing Eve (Foto: Divulgação)
  • Dresscode - Uma boa fuçada nos catálogos dos serviços de streaming pode nos revelar boa surpresas. É o caso dessa série. Na verdade, são pequenas dicas de estilo para os homens que querem construir um guarda-roupa formal para o trabalho e alcançar um ar mais empresarial. O especialista em negócios e imagem da TV alemã DW Gerhard Elfers explica de forma direta como escolher bem suas roupas, que combinações fazer e como tirar o máximo proveito dos itens que se tem no guarda-roupa, a exemplo dos ternos. Sem exageros ou fashionismos. Perfeitos para os minimalistas e para turma masculina iniciante nos assuntos de moda! São 11 dicas, com duração máxima de três minutos cada, para assistir numa sentada só e com um caderninho do lado. Disponível no Amazon Prime Video.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas