Abapa é reconhecida por apoio a Obras de Irmã Dulce

bahia
31.03.2022, 17:28:00
Luiz Carlos Bergamaschi recebe homenagens em nome dos produtores (Divulgação )

Abapa é reconhecida por apoio a Obras de Irmã Dulce

Recursos foram revertidos em melhorias para o Hospital do Oeste, em Barreiras

A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) recebeu das Obras Sociais de Irmã Dulce (OSID) o selo Empresa Irmã, na categoria Diamante, pelas doações realizadas no ano de 2021, no auge da pandemia da Covid-19. A premiação foi concedida nesta edição a 42 empresas que se destacaram no auxílio à instituição fundada por Santa Dulce dos Pobres. 

A entrega do certificado ocorreu nesta quinta-feira (31), no Centro Educacional Santo Antônio (CESA), no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. O selo foi recebido pelo presidente da Abapa, Luiz Carlos Bergamaschi, das mãos da assessora de marketing da instituição, Mariana Pimentel, acompanhada de crianças atendidas pela OSID.

As doações da Abapa foram direcionadas ao Hospital do Oeste, em Barreiras, que integra as Obras Sociais. Foram equipamentos hospitalares, EPIs, material de limpeza, toalhas de algodão, dentre outros, que, somados, atingiram a pontuação necessária para alcançar a categoria máxima do selo, que inclui, ainda Ouro, Prata e Bronze. 

“Foi uma grande surpresa. O reconhecimento seria a última coisa que almejávamos, naquele momento crítico, em que entendemos que seria mandatório ajudar”, afirma Luiz Carlos Bergamaschi. “Para nós, sermos agraciados, é uma grande honra e alegria. Nossa vocação como associação se completa quando fazemos o bem”, acrescentou.

Segundo a OSID, o selo foi criado em 2007, como manifestação de reconhecimento às empresas que abraçam o legado de Irmã Dulce, e distingue iniciativas que “refletem solidariedade, cooperação, amizade e parceria, valores presentes na trajetória e na obra da religiosa que dedicou sua vida a acolher os mais necessitados”.

As Obras Sociais de Irmã Dulce assumiram a administração do Hospital do Oeste (HO), em 2006. Situado em Barreiras, conta com 193 leitos de internação, distribuídos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta, pediátrica e neonatal, clínica médica, cirúrgica, pediátrica, obstetrícia e Unidade de Queimados. Além de exames de laboratório e imagem, a unidade reúne, em seu quadro de atendimento, um total de 20 especialidades. Pela sua estrutura, o HO atrai pacientes de diversos municípios da região.

“A parceria com a Abapa já vem de muito tempo e se intensificou, nesse caso específico, na pandemia da Covid-19. Graças às doações feitas pela entidade, pudemos melhorar o nosso serviço, abrir novos leitos e intensificar a qualidade do atendimento”, afirma a diretora geral do HO, Marina Amadori Barbizan.  

“Ainda estamos com os leitos ativos para o atendimento dos pacientes de coronavírus, pois há muita incerteza. O benefício desta doação é para a população, pois o HO é o hospital de referência para o tratamento da doença aqui no Oeste da Bahia. Ficamos contentes com a entrega do selo para a Abapa, um reconhecimento que atende a critérios muito rígidos de escolha”, afirma a diretora geral do HO, Marina Amadori Barbizan.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas