Abelhas atacam populares no Circuito Dodô, em Ondina

bahia
04.03.2019, 20:29:36
As abelhas atacaram ambulantes e transeuntes da via que acionaram a Guarda Municipal em busca de socorro (Acervo Pessoal/Guarda Civil Municipal)

Abelhas atacam populares no Circuito Dodô, em Ondina

O ataque foi contido e os populares atendidos no local. Na manhã dessa terça(05), o GEPA voltará ao local para fazer nova varredura e evitar ataques

Um ataque de abelhas na manhã dessa segunda(04), na Avenida Oceânica, nas proximidades do Centro Espanhol, por pouco não colocou em risco o Carnaval no Circuito Dodô. Populares foram atacados pelos insetos e tiveram os primeiros socorros prestados pelo SAMU e pelo Corpo de Bombeiros.
Segundo o coordenador de Relações Públicas da Guarda Civil Municipal, Lucas Pereira, os agentes do Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPA) foram acionados por populares ao perceberem o ataque. O grupo então utilizou procedimentos técnicos para afugentar as abelhas e tentar encontar a colmeia de onde elas teriam saído. “Os agentes não encontraram nada no local, mas na manhã dessa terça(05), voltaremos ao local para evitar que novas ocorrências possam voltar a acontecer”, completou Pereira, ressaltado que os agentes acreditam que as abelhas estavam em deslocamento quando as pessoas foram picadas.
Vale salientar que abelhas são importantes ao meio ambiente e não devem ser mortas. A orientação nas situações de ataque é manter a calma e evitar gritos, pois as abelhas são atraídas por sons agudos. Gestos bruscos também devem ser evitados. Vale lembrar que as abelhas são atraídas por um hormônio excretado no local da picada, então, se for picado, afaste-se do local da picada. 

Os agentes da GEPA voltarão ao local na tentativa de realizar mais uma varredura e identificar uma possível colmeia nas proximidades (Foto: Acervo pessoal/Guarda Municipal)


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas