'ACM Neto é o melhor para Bahia no momento', afirma Ciro Gomes

bahia
03.07.2022, 07:03:00
(Luana Lisboa/CORREIO)

'ACM Neto é o melhor para Bahia no momento', afirma Ciro Gomes

Pedetista afirmou que não vai 'constranger' ex-prefeito de Salvador por um apoio a sua candidatura

Após uma breve participação no desfile cívico de Independência da Bahia, o pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) se reuniu com líderes de movimentos militantes e outros pré-candidatos do partido, no Wish Hotel, em Salvador, na tarde do sábado (2).

Na oportunidade, Ciro disse que tem mantido diálogo constante com o pré-candidato a governador da Bahia ACM Neto sobre a possibilidade de um apoio do ex-prefeito de Salvador à sua candidatura. "A gente tem conversado muito sobre o Brasil, mas entendo a situação dele como delicada porque o partido dele, União Brasil, já tem um candidato. A gente às vezes esquece, mas eu não posso esquecer", declarou.

ACOMPANHE AQUI A COBERTURA COMPLETA DO DOIS DE JULHO

Ciro ressaltou a relação democrática que tem com o baiano, mas afirmou que opta por não esperar um apoio público de ACM Neto. "Ele é uma liderança nacional importante, mas não vou constrangê-lo. Enquanto o partido dele tiver candidato, respeito isso", disse.

O pedetista, no entanto, já declarou o seu apoio a Neto, tendo dito anteriormente que é uma "decisão unilateral". "Eu digo que nosso PDT daqui, comandado por Félix Mendonça Filho e coadjuvado pela vice-prefeita Ana Paula Matos é que falarão pelo partido aqui e que a discussão já está avançada nessa direção.

“Eu fico feliz com isso porque, nesse momento do Brasil, é importante que a gente deixe de lado outras questões e pense no povo", afirma, e ressaltou o que já havia dito antes sobre acreditar que “ACM Neto é o melhor para Bahia no momento”.

A vice-prefeita de Salvador Ana Paula Matos, que acompanha a agenda do pré-candidato na Bahia, afirma que, apesar das pesquisas mais recentes indicarem uma baixa porcentagem de intenções de voto para o ex-governador do Ceará, daqui até o período eleitoral, há chances desse jogo virar, através de uma lógica mencionada por Ciro em passagem a Curitiba, em maio deste ano.

“Se Lula tem entre 40 e 45% dos eleitores e Bolsonaro entre 20 e 25%, quer dizer que 30% do eleitorado ainda não escolheu um lado, e a ideia é trazer essas pessoas até ele [Ciro]. Fora as pessoas que vão votar em Lula apenas para derrotar Bolsonaro”, detalha.

Ainda neste sábado (02), Ciro Gomes segue para um evento em Lauro de Freitas e, no domingo, último dia da agenda na Bahia, o pedetista deve visitar comunidades de Salvador e vai até Alagoinhas, onde faz uma palestra para empresários, comerciantes, sindicatos e estudantes universitários sobre o Projeto Nacional de Desenvolvimento (PND), às 15h30, no auditório do Hotel Áster, em evento organizado pela vereadora Luma Menezes (PDT), pré-candidata a deputada federal.    

Conversa com apoiadores
Em breve conversa com os presentes, ainda no hotel, Ciro Gomes falou sobre a fome no Brasil, sobre questões ambientais, defesa aos direitos LGBTQIA+ e lideranças do movimento estudantil, ao apoiar pré-candidatos a vereadores e deputados engajados nas causas.

“A democracia que nós que viemos do movimento estudantil criamos, na época das Diretas Já, está fracassando muito, porque ao longo do tempo não fomos capazes de superar a pior das tragédias: o Brasil é a sociedade mais desigual, perversa e violenta do mundo. Precisamos da intransigência e da garra da juventude para mudar isso”, disse, ao parar para tirar fotos com os presentes.

Presença no desfile cívico
Ciro participou do início do desfile cívico do Dois de Julho na comitiva do PDT ao lado do presidente do partido na Bahia, deputado federal Félix Mendonça Júnior, e de outras lideranças da sigla, a exemplo da da vice-prefeita Ana Paula Mattos e do deputado estadual Léo Prates. No meio da caminhada, no entanto, deixou o local. Um dos filiados ao partido, Hari Brust Filho, havia informado que seria devido a uma torção no pé, mas a assessoria negou, horas depois.

No evento, Ciro se encontrou com a pré-candidata do MDB à Presidência, senadora Simone Tebet (MS). Ele também caminhou rapidamente ao lado do ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União). Ciro conversou ainda com a militância, apoiadores, políticos e os dois indicados pelo PDT para vice na chapa de Neto, o empresário de Irecê  ngelo Dourado e a vereadora de Lauro de Freitas Débora Régis. 

"O 2 de Julho é a verdadeira independência do Brasil. É uma data cívica que deveria ser mais valorizada nacionalmente. Os brasileiros precisam conhecer essa história. É emocionante esse exemplo de patriotismo e civilidade dos baianos", disse Ciro Gomes. 

Em entrevistas à imprensa, Ciro fez críticas duras aos governos de Jair Bolsonaro (PL) e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Nosso país está sendo destruído por uma crise econômica e social, a mais grave da história, e a cobiça dos barões brasileiros associados aos barões estrangeiros está dilacerando nosso povo", declarou.

*com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas