Acusada de matar o marido, deputada Flordelis perde o mandato

brasil
11.08.2021, 17:58:55
(Claudio Andrade/Agência Câmara)

Acusada de matar o marido, deputada Flordelis perde o mandato

Câmara considerou que atuação da parlamentar ao longo do caso feriu o Código de Ética

Em plenário realizado na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (11), foi aprovado por 437 votos a 7, a cassação do mandato da deputada Flordelis dos Santos de Souza (PSD-RJ). Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019. 

O processo criminal ainda está em trânsito, mas os parlamentares consideraram que a atuação da deputada ao longo do caso feriu o Código de Ética da Câmara.

Alexandre Leite (DEM-SP), relator do caso, Flordelis usou seu cargo para coagir testemunhas e ocultar provas. 

"[Tentou] obstruir as investigações com teses de latrocínio, confundindo a polícia, direcionando a polícia em caminhos diversos daqueles em que, de fato, encontrariam a verdade dos fatos", disse o relator.

Flordelis é ré na Justiça, acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, e responde por homicídio triplamente qualificado - motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima -, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada. A deputada nega participação no crime.

A cassação do seu mandato já havia sido aprovada pelo Conselho de Ética da Câmara em junho por 16 votos a favor e 1 contra, a  decisão final veio com o plenário da Câmara.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas