Adriano Imperador consola Simone Biles após desistência: 'passei por isso'

em alta
28.07.2021, 20:21:00
(Foto 1: Reprodução | Foto 2: Loic Venance/AFP)

Adriano Imperador consola Simone Biles após desistência: 'passei por isso'

Estrela da ginástica deixou de competir na final para preservar a saúde mental

Poucos atletas mostram saber o quanto a saúde mental é importante para continuar competindo como Adriano Imperador. O ex-atacante brasileiro saiu em defesa da ginasta estadunidense Simone Biles, que desistiu de disputar a final geral da ginástica na Olimpíada de Tóquio. Didico afirmou nas redes sociais que sabe exatamente o que a ginasta está passando e pediu para que ela não se permita ser crucificada pelas pessoas antes de clamar para que ela seja feliz e se cuide.

"Simone Biles… sei exatamente o que está passando e não deixe as pessoas te crucificarem. Seja feliz e cuide da cabeça! Passei por isso e até hoje sou questionado. Que Deus perdoe essas pessoas ruins", disse Adriano.

Entenda: Simone Biles cita saúde mental e põe em dúvida presença em final individual

Leia também: Simone Biles desiste da final individual geral da ginástica em Tóquio

No último mês de maio, Adriano publicou uma carta no site The Player's Tribune relembrando morte do pai e explicando aposentadoria precoce. Aos 39 anos, Didico teve uma conversa bem aberta sobre suas dificuldades e motivos que fizeram com que o futebol não fosse mais algo que o deixava feliz. 

O site americano já é conhecido por ser um meio em que atletas e personalidades do esportes podem expor suas experiências e suas opiniões, partindo do ponto de vista pessoal. Adriano aproveitou a oportunidade para escrever e contar fatos importantes do seu passado, como sua experiência de crescer numa comunidade. Ao voltar para o lugar onde cresceu, Adriano foi criticado por escolher uma vida simples a desfrutar dos luxos que o futebol proporciona.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas