Adsumus: mandados são cumpridos em Salvador, Lauro de Freitas e Cruz das Almas

bahia
18.12.2017, 08:50:43
Atualizado: 18.12.2017, 18:43:45

Adsumus: mandados são cumpridos em Salvador, Lauro de Freitas e Cruz das Almas

É a sexta fase da operação, que tem como alvo prefeituras de Santo Amaro e Muritiba
MP-BA e polícia apresentam resultado de operação (Foto: Milena Teixeira/CORREIO)

Cinco mandados de prisão temporária e seis de busca e apreensão estão sendo cumpridos na sexta fase da Operação Adsumus nesta segunda-feira (18). A operação foi deflagrada em Salvador, Lauro de Freitas e Cruz das Almas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco) do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

A operação tem como alvo as prefeituras de Muritiba e Santo Amaro, no Recôncavo, entre os anos de 2012 e 2016. A objetivo da Adsumus é reprimir os crimes de lavagem de dinheiro e licitações e contratos fraudulentos. Segundo o MP-BA, cerca de R$ 20 milhões foram desviados pela antiga gestão da prefeitura de Santo Amaro, por meio de aquisição fraudulenta de material de construção, aluguel de máquinas e veículos, e em licitações de obras públicas.

Por meio de uma delação premiada, homologada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) no ano passado, foi possível descobrir desvios milionários por meio de fraudes na aquisição de combustível junto à RL Derivados de Petróleo e na contratação do serviço de limpeza pública junto à empresa MRC Construções, que atua em Santo Amaro e Muritiba.

A operação conta com o apoio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Investigação (CSI), de promotores de Justiça da Bahia e das polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar (PM), que auxiliam no cumprimento dos mandados em Salvador, Lauro de Freitas e Cruz das Almas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas