Aeroporto de Salvador recebe certificado internacional de redução de carbono

salvador
06.01.2020, 12:40:00
Atualizado: 06.01.2020, 13:14:32
(Foto: Divulgação)

Aeroporto de Salvador recebe certificado internacional de redução de carbono

Atualmente, o aeroporto está instalando uma usina solar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O aeroporto de Salvador, o Salvador Bahia Airport, recebeu o nível 2 da certificação Airport Carbon Accreditation (ACA), concedida pela organização Airport Council International (ACI). A honraria tem significado de destaque internacional pelo compromisso ambiental por reconhecer a implementação de ações e projetos voltados para a redução das emissões de carbono.

De acordo com a Vinci Airports, concessionária do aeroporto, a certificação é resultado de medidas que incluem desde melhorias do sistema de climatização e instalação de dispositivos inteligentes como sensores de presença nas escadas, elevadores e banheiros até substituição de lâmpadas convencionais por LED. Essa substituição teria sido responsável pela redução de 134 toneladas de gás carbônico emitido.

Atualmente, o aeroporto está instalando uma usina solar. Segundo a concessionária, isso fará com que o terminal seja o primeiro do país a contar com um equipamento do tipo. A planta prevê 11 mil painéis solares, representando 4.215 KWp de potência instalada para uma produção anual de 6.300.000 KWh. Ao todo, serão investidos R$ 16 milhões. A previsão é de que o equipamento entre em operação na segunda quinzena de fevereiro.

Por mês, a usina terá capacidade para produzir 550.000 KWh de energia. Isso representa 32% do consumo atual do terminal, sendo praticamente o necessário para abastecer 3.800 casas populares. Uma vez em pleno funcionamento, a usina vai diminuir ainda em 30% a pegada de carbono do aeroporto, ou seja, 690 toneladas ao ano.

Sustentabilidade
Em 2019, o aeroporto já tinha recebido outros títulos na área de sustentabilidade. Em janeiro do ano passado, já tinha sido o primeiro das regiões Norte/Nordeste e o segundo do Brasil a obter a certificação ACA em nível 1. Esse certificado é o que que reconhece os esforços de mapeamento e identificação de todas as emissões diretas e indiretas de gases do efeito estufa pelo aeroporto.

Já em outubro, foi reconhecido como “aeroporto verde” durante conferência anual do Conselho Internacional de Aeroportos da América Latina e Caribe (ACI-LAC), que premiou a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), implantada em 2018, o trabalho de eficiência energética e o gerenciamento do risco da fauna desenvolvidos no Salvador Bahia Airport.

As ações de sustentabilidade fazem parte da política ambiental da Vinci Airports, a chamada AIRPact, que estabelece metas globais para o ano de 2030. Alguns dos objetivos são reduzir pela metade a pegada de carbono através da obtenção da certificação ACA por todos os aeroportos do grupo no mundo, reduzir pela metade o consumo de água, implementar a economia circular pautada na redução da produção de lixo, separação dos resíduos gerados e posterior reciclagem.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/historia-e-solidariedade-marcam-a-primeira-live-do-bloco-ile-aiye/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moda-comunica-mais-que-tendencias/
Representatividade  é o tema desse editorial fotografado e protagonizado por jovens negros
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-sofrencia-musicas-de-arrocha-foram-as-mais-ouvidas-pelos-baianos-na-quarentena/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais