Amor na pele: conheça tutores que tatuaram seus cães e artistas que os eternizaram

lampião cãogaceiro
21.09.2019, 06:00:00
Atualizado: 21.09.2019, 09:19:19

Amor na pele: conheça tutores que tatuaram seus cães e artistas que os eternizaram

Trabalho incrível de Renata Jardim (Foto: Reprodução Instagram)

De que forma você expressa amor pelo seu pet? Uns petiscos? Um passeio sem coleira na praia ou no parque? Uma bolinha nova? Para algumas pessoas, amor é questão de pele. Tanto que cada vez mais gente procura tatuadores para eternizar no próprio corpo a imagem do filho de quatro patas.

A artista Renata Jardim (@renatajardimtattoo), autora do trabalho acima, talvez seja a tatuadora mais procurada para isso em todo o Brasil. De São Paulo, especializada em tatuagem de pet no estilo realista, Renata tem 536 mil seguidores no Instagram. O trabalho dela é incrível! Sua agenda está quase sempre fechada e sem previsão de abertura.  

Mas, as cinco histórias de tutores que marcaram para sempre seus cães em suas peles trazem também boas opções de tatuadores pelas bandas de cá. A passeadora de cães Letícia Santos e Santos tem uma linda reprodução da vira-lata Pipoca, de 2 anos, no antebraço.

Pipoca eternizada na pele (Foto: Acervo Pessoal / Divulgação)

Talentosíssima, a tatuadora Amanda Gotsfritz (@mandaharts) se baseou em uma foto de Pipoca na praia e usou toda a sua arte para recriar um fundo em aquarela. Ficou bonito pra peste! Traço perfeito! Pipoca está igualzinha e cheia de cores!

Letícia, Pipoca e a tattoo (Foto: Divulgação)

Leia o depoimento de Letícia, que é passeadora de cães da BoraDog.

"Para muitos, um cachorro. Para mim, uma filha. Pipoca me inspira, sinto um amor tão grande que nada que eu venha escrever vai demonstrar o tamanho do meu amor por ela. Ela é minha parceira e maior companheira. Por isso, resolvi tatuar e escolhi uma tatuadora muito dedicada ao que faz. Passei para ela meu sentimento e com a foto da minha Pipoca ela criou sua arte: Amanda Gotsfritz. Precisava ter minha filha o tempo todo perto de mim, mesmo que fosse através de um registro na pele".

A tutora da Yorkshire Pucca (@hoteldapucca), de 9 anos, também apostou em uma tattoo realista. E escolheu um artista de mão cheia. Diego Rangel (@rangeltattoo) reproduziu a cachorrinha em tamanho real e até mediu seu focinho e orelhas. A empresária Larissa Fernandes Gomes, 32  anos, ficou satisfeitíssima. 

Pucca em tamanho real (Foto: Reprodução Instagram) 

Confira o depoimento de Larissa sobre a tatuagem e o amor que tem por Pucca:

“Não nasceu de mim, mas nasceu para mim. Chegou aos meus braços como uma bolinha de pelo e hj é mais que uma filha, amiga e companheira inseparável. Tatuar a Pucca foi a melhor forma de demonstrar ao mundo  um amor eterno que não decepciona, que dá amor sem nada em troca. Fiz ela em linhas e tamanho reais pelas mãos de um profissional maravilhoso como Rangel"

"Pata amiga" de Olívia bem representada (Foto:  Acervo pessoal / Divulgação)

No caso da psicóloga Joyce Gomes Ribeiro, a opção foi por um desenho não realista, mas que simboliza bem a atividade desenvolvida pela sua Golden Retriever, Olívia, de 1 ano e 8 meses, que "trabalha" como cão de terapia e tem quase 9 mil seguidores no perfil olivia_caoterapeuta no Instagram. O tatuador escolhido foi Isaac Tocinho (@isaactocinho).

Tattoo simboliza parceria entre as duas terapeutas (Foto: Acervo pessoal Reprodução)

Conheça a história da tatuagem de Joyce, psicóloga de 31 anos.

"Quando vi essa imagem pela primeira vez na Internet, pensei: 'Uma pata amiga! Essa é a minha tatuagem'. Parceria, lealdade, segurança, confiança, uma patinha amiga e a certeza de não estar sozinha. É exatamente tudo isso que sinto trabalhando com Olívia, minha coterapeuta canina, minha parceira no trabalho de psicóloga com a terapia assistida. É isso que ela faz com os pacientes, passa segurança, amor e cuidado. Ela é muitas vezes a tal mão amiga que todos precisam. No caso, a pata. Essa tatuagem fala sobre o quanto eu acredito na psicologia e no trabalho que desenvolvo com a terapia assistida, o quanto acredito que confiança, acolhimento e segurança são indispensáveis e o quanto sei que o meu trabalho é capaz de transformar vidas, como transformou a minha e então eu marquei isso em minha pele. Que venham muitas e muitas patas amigas!". 

Darino tatuou nick no braço (Foto: Acervo pessoal / Divulgação)

O jornalista Darino Sena, 38 anos, foi passar uma temporada no exterior. Para aplacar a saudade, marcou na pele uma tatuagem de Nick, um  staffordshire bull terrier 3 anos que é uma figura. O desenho com traços realistas foi criado pela artista Bruna Dultra (@brunadultra). Espiem só o depoimento de Darino: 

"Eu decidi fazer a tatto pra amenizar a saudade antes de partir pra um intercambio de 10 meses na Nova Zelândia. Bruna foi indicação de uma amiga minha. Ela e especialista em desenhos. Fiquei na duvida entre esse estilo e o mais realista, que é uma representação mais fiel do cachorro, tipo um retrato. Passei algumas fotos de Nick pra ela antes de decidir e fiquei surpreso com o resultado. Todos os desenhos conseguiam captar o mais importante: a essência do "sorriso" dele!". 

A também jornalista Fernanda Varela, 30 anos, mandou fazer um desenho representativo dos "filhos" beagles de 3 e  2 anos: Giggs e Wiki (@irmaosbeagles). Uma bela criação feita no estúdio @petersentattoo. Fernanda tem ainda outra tatuagem, um beagle em formato de coração no braço.  

Giggs e Wiki para sempre no tornozelo (Foto: Acervo Pessoal / Divulgação)

Confira o depoimento de Fernanda:

"Já tive cachorro na infância, mas não tinha uma relação como essa, de cuidado, responsabilidade, vínculo afetivo. Sempre digo que eles são meus primeiros cães, de fato. Com os meninos, eu construí uma relação de mãe e filhos mesmo, é um amor muito forte. Eles me transformaram como pessoa e fazem minha vida muito mais feliz, mais completa. Eu gosto muito de tatuagem e sempre escolho coisas que têm forte significado para mim. Primeiro tatuei a do braço, que é um beagle formando um coração, e depois decidi homenagear minha duplinha dinâmica com um desenho alegre, colorido, para sempre levar os dois junto comigo. Sou apaixonada por eles".


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ganhadeiras-de-itapua-voltam-ao-rio-para-desfile-das-campeas-da-viradouro/
Apresentação será neste sábado (29) e tem transmissão ao vivo do G1
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/muito-gratificante-diz-ivete-sobre-vencer-musica-do-carnaval-na-enquete-do-correio/
Com 34% dos votos, 'O Mundo Vai' desbancou 'Ela Não Quer Guerra com Ninguém’ e 'Contatinho'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tudo-ok-e-a-musica-mais-ouvida-no-spotify-durante-o-carnaval/
Hit do brega funk foi mais tocada na plataforma; clipe já chegou a 100 milhões de visualizações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pitbulls-matam-cao-de-idosa-no-rio-vermelho-video-mostra-ataque/
Vídeo gravado por moradores do bairro mostra idosa rolando no chão pra tentar salvar seu cachorro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nova-versao-de-o-homem-invisivel-fala-de-abuso-a-partir-de-terror/
Longa é inspirado em livro de HG Wells, que rendeu um filme clássico de 1933
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/essa-vitoria-e-da-bahia-e-de-todas-as-mulheres-diz-carnavalesco-campeao/
CORREIO conversou com autores de enredo sobre As Ganhadeiras de Itapuã durante festa na quadra da Viradouro; veja vídeo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/camaro-pega-fogo-apos-colidir-contra-onibus-no-ceara-veja-video/
Passageiros do ônibus não ficaram machucados; motorista de carro de luxo teve ferimentos leves
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-mundo-vai-de-ivete-e-eleita-musica-do-carnaval-por-leitores-do-correio/
Canção lançada em janeiro tem ‘previsão’ de Márcio Victor
Ler Mais