Aneel aprova aumento da Coelba, mas adia reajuste para 1ª de julho

coronavírus
14.04.2020, 11:24:00

Aneel aprova aumento da Coelba, mas adia reajuste para 1ª de julho

Novos valores iam vigorar a partir de 22 de abril, mas a própria Coelba pediu mudança

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adiou a vigência do reajuste tarifário da Coelba. Os novos valores deveriam vigorar a partir de 22 de abril, mas a vigência foi suspensa a pedido da própria companhia, como forma de colaborar com o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

O reajuste das tarifas da Coelba será de 5%, sendo 5,38% para consumidores conectados à alta tensão e 4,85% para a baixa tensão, inclusive residenciais.

As novas tarifas serão válidas a partir de 1º de julho.

Os valores que deixarem de ser pagos agora serão repassados às tarifas no processo tarifário de 2021.

A Coelba atende a 6,1 milhões de unidades consumidoras em 412 municípios da Bahia.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas