Anexo do Parque de Exposições se prepara para receber pacientes com coronavírus

coronavírus
02.04.2020, 16:00:00
Atualizado: 02.04.2020, 16:20:34
(Tiago Caldas/CORREIO)

Anexo do Parque de Exposições se prepara para receber pacientes com coronavírus

Veja como ficará espaço, que terá beliches, refeitório, lavanderia, farmácia e área de convivência

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


A higienização é feita em ritmo acelerado. Profissionais de limpeza varrem, esfregam e lavam cada cantinho. Arrastam móveis para um lado, transportam equipamentos para o outro. Tudo para que o Parque de Exposições, que já abrigou tantos shows e eventos, possa ganhar uma roupagem nova. Afinal, o espaço se transformará no novo centro de acolhimento para vítimas de coronavírus de Salvador.

A movimentação começou já na manhã desta quinta-feira (2), um dia após o anúncio do governador Rui Costa de que pacientes seriam alojados no espaço, que fica na Avenida Paralela. Isso porque a abertura do espaço já ocorreu nesta tarde, segundo a secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (Sjdhs). 

Ao todo, a expectativa é que sejam recebidas 300 pessoas exclusivamente em situação de vulnerabilidade social e que estejam com diagnóstico confirmado da covid-19.

“A intenção é trazer moradores de rua e pessoas contaminadas pelo vírus, que residem em casas pequenas e não têm como evitar o isolamento. Poderemos, assim, diminuir o risco de disseminação da doença. Serão acolhidas pessoas que apresentarem sintomas leves, como espirros, tosse, dor de garganta e coriza”, declarou a enfermeira da Secretaria da Saúde (Sesab) Solange Siqueira, uma das supervisoras responsáveis por acompanhar o trabalho de higienização do local. Caso o quadro evolua, o infectado será transferido para alguma urgência ou emergência.

Beliches acomodarão pacientes com covid-19 (Foto: Tiago Caldas/CORREIO)

O centro de acolhimento funcionará nos fundos do Parque de Exposições, no prédio anexo onde funcionava a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola, e conta com 82 leitos climatizados, cada um com cinco beliches. A estrutura é equipada com refeitório, que servirá três refeições diárias, lavanderia, farmácia e área de convivência. Por se tratar de uma doença altamente contagiosa, o paciente que chegar ao centro ficará em isolamento por 14 dias e não poderá ter acompanhante, nem receber visitas. Haverá, no entanto, contato da equipe de assistência social com os familiares por telefone. 

Mas atenção: não existe atendimento por demanda espontânea. Ou seja, não serão recebidos pacientes como ocorre em emergências. Segundo Siqueira, as pessoas que serão assistidas no centro serão encaminhadas através de regulação. “Primeiro, eles serão atendidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e hospitais. Posteriormente, serão trazidos para cá, através de ambulâncias”, explicou. 

A enfermeira pontuou ainda que o centro precisa de voluntários. “Além dos profissionais que aqui estão, vamos precisar de voluntários, enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos, assistentes sociais, pessoas que queiram ajudar a gente nessa luta. Serão todos bem-vindos”, disse Siqueira. 

Quartos terão capacidade para 10 pacientes (Foto: Matheus Pereira/Gov BA)

As pessoas interessadas podem realizar inscrição no site www.estadovoluntario.ba.gov.br. Os profissionais inscritos passarão por entrevista - a maior necessidade neste momento é por médicos, enfermeiros, assistentes sociais e técnicos de enfermagem.  

Além do Parque de Exposições, o governador anunciou que o prédio onde funcionou a Faculdade Ruy Barbosa, no bairro do Rio Vermelho, também será um centro de acolhimento para pessoas em situação de rua, mas que não estão com coronavírus. A medida é para protegê-las. O local terá capacidade para receber até mil pessoas e a previsão de funcionamento é na semana que vem.

Segundo Rui Costa, as duas unidades do centro de acolhimento possuem camas, colchões e roupas, fruto de doações da cantora Ivete Sangalo e da rede de lojas Magazine Luiza.

Outras unidades
Mais 160 vagas para pessoas em situação de rua foram abertas segunda-feira (30) com a inauguração da Unidade de Acolhimento Emergencial da Calçada, pela prefeitura. O serviço socioassistencial será administrado pela Agência Adventista para o Desenvolvimento e Recursos Assistenciais Leste (Adra), através da parceria firmada com a Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre). O serviço de acolhimento acontecerá pelo período de até seis meses. 

Atualmente, há 1.025 vagas na capital baiana para acolhimento, e na próxima semana está prevista a inauguração de mais duas unidades por conta da pandemia do Covid 19, ofertando mais 346 vagas de acolhimento, totalizando 1.371 vagas.

Veja lista:

Unidades de Acolhimento Institucional para Pessoas em Situação de Rua 
Total de 1.025 vagas
UAI – AMARALINA (Inaugurada em março/2020)
Público Alvo – Idosos
Visconde de Itaboraí, nº 02 A, CEP. 41.900-020, Amaralina
 Capacidade: 50 pessoas 

ADRA UNIDADE 04 – Calçada (Inaugurada em março/2020)
Unidade de Acolhimento Emergencial
Público Alvo – Homens e Mulheres
End. – Travessa Bom Gosto, 10 /12 A, Calçada.
Capacidade: 160 pessoas 

ADRA UNIDADE 01 – Barbalho I
Público Alvo – Homens
End. – Rua Thales de Freitas 180, Barbalho, CEP-40301 – 12001, em frente ao teatro ICEIA.
Capacidade: 50 pessoas 

_ ADRA UNIDADE 02 – Barbalho II_
Público Alvo – Homens e Mulheres
End. –  Rua Brigadeiro Freitas, 157, Barbalho (Antiga ladeira do Arco)
Capacidade: 50 pessoas 

- ADRA UNIDADE 03 – Barris III_
Público Alvo – Homens e Mulheres
End. – Rua Conselheiro Spínola, nº 02 – Barris, CEP: 40.007-130 (próximo a Delegacia do Idoso)
Capacidade: 50 pessoas 

- ASPEC UNIDADE 01 – Ribeira_ 
Público Alvo – Homens
End. Avenida Visconde de Caravelas, nº 150, Bairro – Ribeira, CEP 40.420 – 160
 Capacidade: 50 pessoas 

ASPEC UNIDADE 02 – Pituaçu
Público Alvo – Homens
Endereço – Rua Lagoa Bela, nº 146 A, Bairro – Pituaçu, CEP 41.741 – 180
Capacidade: 50 pessoas 
     
_ ASPEC UNIDADE 03 – Boca do Rio_
Público Alvo – Casal
Endereço –  Rua Otávio Mangabeira, nº 14 – Boca do Rio (Ao lado do Hotel Praia dos Artistas) Bairro – Pituaçu, CEP 41.706-840
 Capacidade: 50 pessoas 

ASPEC UNIDADE 04 – Ribeira
Público Alvo – Casais
Endereço: Rua Visconde de Caravelas, nº 152 - Ribeira, CEP 40.420 – 160 (Ref: enfrente a Prefeitura Bairro/ Biblioteca Municipal)
Capacidade: 50 pessoas 

ASPEC UNIDADE 05 – Itapuã 
Público Alvo – Famílias 
End. Avenida Visconde de Caravelas, nº 152,
Capacidade: 50 pessoas 

CASA DAS PÉROLAS – Coutos
Público Alvo – Mulheres com filhos
Endereço –  R. da Fraternidade, S/N, Fazenda Coutos.
Capacidade: 50 pessoas 

UAI – Pau da Lima
Público Alvo – Homens
Av. Aliomar Baleiro, SN, CEP. 41.245-020
Capacidade: 50 pessoas 

A Unidade de Acolhimento Família Pérolas – Coutos
Público Alvo – Famílias 
Capacidade: 50 pessoas 

Unidade de Acolhimento Institucional de Permanência Breve (Inaugurada em março/2020)
Público Alvo: crianças e adolescentes de 7 a 17 anos com suspeita de coronavírus
Capacidade: 20 pessoas 

Unidade de Triagem - Cajazeiras 
Público Alvo – Pessoas adultas com sintomas de Coronavírus 
Capacidade: 35 pessoas 

Acolhimento Transitório
Público Alvo - Jovens e Adultos, em situação de rua, usuários de substâncias psicoativas.
Capacidade: 210 (35 em cada instituição)
Instituições:
- Sentimento Novo, em Feira de Santana; 
- Manassés, nas unidades de Cajazeiras, Lauro de Freitas e Feira de Santana; 
- Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (Adra), em Cachoeira;
- Desafio Jovem, em Amélia Rodrigues.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-um-susto-targino-se-prepara-para-cantar/
Músico sofreu grave acidente de carro, mas escapou ileso e agora se prepara para fazer lives
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/junho-chegou-correio-promove-lives-para-comemorar-o-sao-joao/
Apresentações acontecem sempre às sextas e sábados de junho, às 19h
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/editorial-fotografado-a-distancia-une-tres-paises-na-quarentena/
O ensaio foi realizado pela plataforma Zoom, usando celular
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-de-marrom-a-bahia-tambem-ensina-ao-mundo-como-cantar-e-dancar-forro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/copo-de-leite-faz-haddad-acusar-bolsonaro-de-brindar-supremacistas-brancos-entenda/
Leite tem sido usado como símbolo por neonazistas nos EUA; petista enxergou provocação após repercussão de mortes de homens negros. Presidente nega
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anastacia-comemora-80-anos-com-muito-forro/
Cantora e compositora lança EP com produção de Zeca Baleiro e parcerias com Mariana Aydar, Chico César e Amelinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nizan-guanes-vai-entrevistar-roberto-medina-abilio-diniz-e-washington-olivetto/
As entrevistas são parte do Sunday Night Live que o publicitário tem realizado em sua conta do Instagram
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/luiz-caldas-substitui-sanfona-por-guitarra-em-disco-de-forro/
Álbum é o centésimo em projeto do músico que prevê um lançamento temático por mês
Ler Mais