Antes de morrer, influenciadora que não se vacinou faz apelo: 'Não espere, vá se vacinar'

em alta
10.09.2021, 21:57:00
Atualizado: 10.09.2021, 21:57:47
(Reprodução)

Antes de morrer, influenciadora que não se vacinou faz apelo: 'Não espere, vá se vacinar'

Tiktoker disse que não era antivacina e que só estava tentando fazer uma pesquisa

Popular no Tiktok, a influenciadora norte-americana Megan Alexandra Blankenbiller publicou um vídeo na plataforma dias antes de morrer por covid-19. Internada, ela fez um apelo para que as pessoas se vacinem.

Ela publicou o vídeo no dia 15 de agosto, nove dias antes do seu falecimento, falando sobre seu estado e seu erro em não se imunizar.

"Como eu disse em meus outros vídeos, eu não fui vacinada", disse Megan, ofegante. "Eu não sou anti-vacina. Só estava tentando fazer minha pesquisa. Eu estava com medo, e eu queria que eu e minha família pudéssemos receber a vacina ao mesmo tempo.”

Ela ainda fez um pedido: "Não espere, vá se vacinar. Porque, se você pegar o vírus, você não terminará no hospital como eu."

A tiktoker de 31 anos faleceu no dia 24 de agosto. Ela morava em Jacksonville, na Flórida.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas