Anvisa autoriza uso emergencial de mais um medicamento contra covid-19

saúde
24.02.2022, 13:36:00
(Reprodução)

Anvisa autoriza uso emergencial de mais um medicamento contra covid-19

Primeiro com indicação profilática autorizado no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quinta-feira (24) o uso emergencial de mais um remédio contra a covid-19> o Evusheld (cilgavimabe + tixagevimabe) é o sétimo medicamento autorizado pela Anvisa, mas o primeiro com indicação profilática. A agência destaca que o medicamento não substitui a necessidade de se vacinar.

A Anvisa considerou na avaliação que as pessoas imunocomprometidas são as que têm mais propensão a ter uma resposta imunológica menor à vacinação. Também são mais vulneráveis a ter uma forma grave de covid.

O medicamento já tem autorização de uso emergencial pela FDA, nos EUA, e por autoridades França, Israel, Itália, Barein, Egito e Emirados Árabes Unidos. 

O pedido no Brasil foi apresentado pela AstraZeneca em dezembro do ano passado. 

Uso
A autorização prevê indicação para profilaxia com o medicamento antes da exposição à covid-19.

A indicação é para adultos e crianças com 12 anos ou mais, pesando pelo menos 40 kg. Pessoas que não tenham tido exposição recente a indívuo infectado com a doença e que possuam comprometimento imunológico moderado a grave. Pessoas que não podem tomar a vacina por conta de histórico de reação adversa grave ou alergia a algum componente. O medicamento não é substituto da vacina. O uso pós-exposição não está autorizado. Quem tomou a vacina deve aguardar duas semanas para tomar o medicamento. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas