Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose e autoriza 2 pesquisas

coronavírus
14.07.2021, 23:17:14
(AFP)

Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose e autoriza 2 pesquisas

Pfizer e AstraZeneca vão investigar efeitos e necessidade de uma dose extra contra a Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nota, nesta quarta (14), onde esclarece que  ainda não há estudos conclusivos sobre a necessidade da aplicação de uma terceira dose dos imunizantes disponíveis no Brasil.
 
A agência ainda informou que autorizou uma nova pesquisa sobre a aplicação de uma 3ª dose contra a Covid-19, desta vez com pedido feito pela AstraZeneca. A Pfizer já havia recebido a autorização em junho para a pesquisa.
 
No caso da AstraZeneca, a farmacêutica desenvolveu uma nova versão da vacina que está em uso no país, como foco na proteção contra a variante beta. Parte do ensaio clínico prevê que uma dose da nova versão da vacina (AZD2816) seja aplicada em pessoas que receberam as duas doses da versão atual da AstraZeneca (AZD1222).
 
Já o estudo da Pfizer investiga os efeitos, segurança e benefício de uma dose de reforço da vacina. O imunizante extra será aplicado em pessoas que tomaram as duas doses completas há pelo menos seis meses.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas