Ao vivo, Alexandre Garcia ameaça deixar a CNN Brasil: 'Não sei se volto'

variedades
06.05.2021, 13:20:00
Atualizado: 06.05.2021, 13:25:27
(Reprodução)

Ao vivo, Alexandre Garcia ameaça deixar a CNN Brasil: 'Não sei se volto'

Ele aparentou irritação durante conversa com âncora Rafael Colombo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma cena tensa foi exibida na manhã desta quinta-feira (6) pelo telejornal Novo Dia, da CNN Brasil, durante o quadro "Liberdade de Opinião", com o jornalista Alexandre Garcia.

No quadro, Garcia defendia o governo Bolsonaro, afirmando que o presidente tem "todo direito" de lançar um decreto que proíba governadores e prefeitos de determinarem restrições para controlar o coronavírus. Ontem, o presidente afirmou que tem intenção de fazer um decreto do tipo.

A edição de decretos pelo presidente "está na Constituição" e, portanto, eles devem ser cumpridos, disse Garcia. O âncora Rafael Colombo rebateu, afirmando que a proteção à vida também está na Constituição e questionando se as medidas de governadores não poderiam ser interpretadas como algo nesse sentido.

Garcia ficou mudo. Houve um tempo de silêncio, até que Colombo entendeu que havia algum problema na transmissão e retomou a fala. "Eu não estou sendo entrevistado", disse então Garcia. Colombo então disse que o assunto seria retomado no dia seguinte, já que o tempo do quadro havia se encerrado.

Com rosto sério e aparentando irritação, Garcia respondeu que "não sabia" se estaria de volta amanhã. Ao Uol, contudo, a CNN Brasil diz que Garcia seguirá normalmente no quadro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas