Aos mestres que transformam

artigo
26.10.2020, 05:04:00

Aos mestres que transformam


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

É no processo de aprendizagem que nos preparamos para os desafios que a vida nos guarda. Conseguimos seguir por esse caminho porque, ao longo de nossa trajetória, encontramos mestres que nos guiam e nos ensinam. O Sebrae, enquanto uma instituição que valoriza o conhecimento, reconhece o papel do professor nesse processo.


Os professores desempenham uma importante função, formando cidadãs e cidadãos, atuando na construção da sociedade que almejamos, moldando o presente e também o futuro por meio da nobre missão de ensinar. Nas salas de aula, eles mostram como transformar problemas em oportunidades e inspiram os estudantes a mudarem as vidas de suas famílias e suas comunidades.


Nesse período de pandemia, novos desafios foram impostos. Os professores precisaram, mais uma vez, mostrar capacidade de superar dificuldades, e, mesmo em um cenário tão conturbado, buscaram usar a criatividade para seguir transmitindo conhecimento.
É por isso que enxergamos nos professores as características de um empreendedor, afinal, empreender tem a ver com comportamento e atitude. O empreendedor é um sujeito inquieto na busca de soluções para problemas, um inovador, que assume riscos calculados, encara incertezas e supera adversidades.


Uma das missões do Sebrae é fomentar a cultura empreendedora, entendendo esse aspecto comportamental. E, sem dúvida, a sala de aula é um ambiente fértil para falarmos de empreendedorismo. Desde 2014, o Programa Nacional de Educação Empreendedora integra soluções dentro dessa temática, atuando junto a professores e alunos, em complementaridade às disciplinas ministradas por instituições de ensino de todos os níveis.
Até 2019, o programa formou 6,4 mil professores em mais de 150 instituições de ensino de 58 municípios baianos, impactando 100 mil alunos. Em 2020, tivemos que nos adaptar, mas mantivemos o compromisso com a educação empreendedora, por meio de uma plataforma EAD e atividades remotas, alcançando 9 mil professores.


Através de parcerias com a rede pública, por meio dos municípios e da Secretaria de Educação do Estado, e também com a rede privada, levamos aos professores a formação a partir de conteúdos que trabalham conceitos de empreendedorismo. Esses conceitos são aplicados em sala de aula, adequando-se aos níveis de ensino (fundamental I e II, médio, tecnológico e superior), e trazem resultados evidentes aos alunos. É um movimento que pode levar à mudança de realidades.


Neste mês de outubro, estamos realizando a Semana do Professor do Novo Mundo, entre os dias 27 e 30, para marcar a passagem do Dia do Professor. Acreditarmos no poder transformador da educação e entendemos o empreendedorismo como um ingrediente a mais na formação dos alunos. Essa ideia só pode ser levada adiante porque encontramos, entre a transmissão do conhecimento e a aprendizagem, o elo mais firme desse processo: o professor.


Jorge Khoury é superintendente do Sebrae Bahia

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas