Após 'prejuízo', pintor comilão vira garoto propaganda de restaurante

em alta
16.07.2021, 22:25:06
Atualizado: 16.07.2021, 22:49:24

Após 'prejuízo', pintor comilão vira garoto propaganda de restaurante

João Carlos viralizou após ser expulso de rodízio por comer demais

A história do pintor comilão João Carlos, um dos assuntos mais comentados na semana no Brasil, ganhou um novo capítulo. Depois de sucessivos 'prejuízos' causados pelo pintor, o restaurante Ragazzo decidiu seguir a linha do 'se não pode com eles, junte-se à eles' e contratou João Carlos como garoto propaganda.

João é dono do recorde a ser batido de acordo com a promoção do restaurante

No anúncio divulgado na rede social do restaurante, João é a estrela da peça que anuncia o "Desafio das Massas". O Ragazzo convida desafiantes do pintor para baterem o recorde de João. "Quem será capaz de bater o recorde de 35 pratos de massa do João? Tá valendo o desafio. É só comer o rodízio de massas e coxinhas do Ragazzo e depois, postar #DesafioDasMassas marcando nosso perfil. Marque aqui aquele seu amigo que vai vencer esse desafio", diz a legenda.
 
Em uma série de posts na sua rede social, onde já conta com mais de 25 mil seguidores, João tem comemorado os minutos de fama. "Galera, muito obrigado mais uma vez. Que Deus abençõe cada um de você. Desejo tudo de bom em dobro para cada um daqueles que me desejaram tudo de bom. Amém", escreveu o pintor em uma das publicações.
 
23 pratos!
 
João foi convidado a se retirar do restaurante na última terça-feira (13). Ele pagou R$ 19,90 pelo rodízio e ainda teve o dinheiro devolvido por funcionários. No 15º prato servido, o pintor foi impedido de continuar, o que o levou a gravar um vídeo que viralizou nas redes sociais.
 
“Os caras mandaram eu parar só por causa disso aqui ó: eu comi 14 pratos. Estou fazendo esse vídeo pra mostrar que isso não se faz, não. Me botaram para correr. O cara falou que não vai me servir mais, não, então estou deixando registrado”, narrou.
 
Dois dias depois, ele retornou ao estabelecimento e comeu outros 23 pratos. “Esse é o resultado de me deixar comer à vontade”, declarou ele em vídeo publicado no Facebook.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas