Ariana Grande visita vítimas do atentado em Manchester

mundo
03.06.2017, 16:11:00

Ariana Grande visita vítimas do atentado em Manchester

Cantora americana voltou à cidade, após o atentado que deixou 22 mortos e 116 feridos, para um novo show neste domingo

A cantora Ariana Grande visitou nesta sexta-feira algumas vítimas do atentado terrorista em Manchester. A própria artista americana postou fotos em sua conta no Instagram, em que aparece conversando com crianças no hospital.

Foto: Reprodução/Instagram

No dia 22 de maio, um homem bomba se explodiu logo depois de um show de Ariana na cidade britânica, deixando 22 mortos e 116 feridos. O ataque foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

A cantora voltou à cidade para uma nova apresentação que vai arrecadar fundos às vítimas e suas famílias. "Não viveremos com medo. Não permitiremos que isso nos divida. Não deixaremos que o ódio triunfe. Nossa resposta à violência será a de mais união", ressaltou a artista de 23 anos. "Seguiremos honrando aqueles que perdemos, seus entes queridos, meus fãs e todos os afetados pela tragédia", concluiu Ariana Grande.

O show beneficente acontece neste domingo (4/6), no Emirates Old Trafford Cricket Ground, um dos estádios mais importantes do país, que comporta 26 mil pessoas só nas arquibancadas. As pessoas que estavam presentes no show anterior terão entrada gratuita na apresentação.

Vários artistas confirmaram presença, como o astro pop Justin Bieber, a banda Coldplay e a cantora Katy Perry. O show será transmitido ao vivo pela emissora britânica BBC. No Brasil, o canal fechado Multishow também vai transmitir.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas