Artistas lamentam morte do maestro Letieres Leite: 'Agradecer pelo seu legado'

variedades
27.10.2021, 14:03:00
(Reprodução)

Artistas lamentam morte do maestro Letieres Leite: 'Agradecer pelo seu legado'

Músico de Salvador morreu nesta quarta (26), aos 61 anos

A morte do maestro Letieres Leite pegou artistas e políticos de surpresa nesta quarta-feira (27). Muitos prestaram homenagem ao instrumentista, que além de comandar a Orkestra Rumpilezz era instrumentista e gravou com muitos artistas baianos.

Ivete Sangalo, com quem Letieres trabalhou por 12 anos, como músico e arranjador, postou uma sequência de fotos em que aparece ao lado do maestro. "Meu amigo genial! Letieres Leite. Só aprendi coisas maravilhosas convivendo com você A Deusa música nos uniu e me presenteou com essa alma linda que é a sua. Estou triste por sua partida. Não esquecerei jamais as inúmeras contribuições à música e à minha carreira, pois o seu talento é poderoso demais. Nossas viagens e nossos segredos ????. Te amo maestro, por tudo e por nossa amizade eterna .Siga em paz"".

"É muito difícil falar de alguém que a gente quer bem e admira. Que trouxe tanta beleza e novidade. Criador do Rumpilezz, músico, arranjador e produtor musical talentosíssimo. Hoje é dia de chorar a partida de Letieres Leite e agradecer pelo seu legado. #letieresleite", escreveu Daniela Mercury.

O rapper Emicida compartilhou uma homenagem emocionada ao maestro. "Meu amigo e mestre Letieres Leite, nos deixou hoje. Meu peito está em frangalhos. Olhos cheios de água e uma saudade que a partir de agora, só aumenta. Obrigado por todas as aulas mestre. Não estou acreditando", escreveu, ao lado de uma foto de Letieres.

"Eu quero te lembrar assim", escreveu a cantora Nara Couto. "Triste com a notícia da partida súbita do querido maestro Letieres Leite. Perda irreparável para a música brasileira e um legado enorme que fica aqui no nosso plano. Nos breves momentos em que gravei sob a direção dele, aprendi bastante. Descanse em paz, mestre!", compartilhou o músico Eric Assmar.

Pedro Luis, da banda Pedro Luis e a Parede, foi outro que relembrou o trabalho do maestro. "Ele não era de sorrir pra fotos, mas nos fazia sorrir por estar ao seu lado. Sexta falei dele com orgulho e reverência pra um documentário lindo. Sábado falei com ele sobre o prazer de ter falado sobre ele pra o documentário. Chamei-o de soberano maestro professor, que é o que ele foi, inclusive pra mim recentemente. Combinamos que já estava mais do que na hora de um reencontro. Não deu tempo, seu coração hoje decidiu que os encontros serão todos de memória. Obrigado maestro, músico, dançarino, pintor, coreógrafo e baiano porreta. Já tá fazendo falta".

"Não dá! Pra medir, pra saber o que dizer, pra nada! Obrigada, Letieres, obrigada, salve, por tudo!!!", lamentou a cantora Karina Buhr. "Meu Deus, Letieres…", escreveu apenas o produtor musical Daniel Ganjaman.

O secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, postou uma foto ao lado de Letieres. "Acabo de saber da partida desse maravilhoso músico da nossa Terra. Arranjador, instrumentista e maestro @letieresleite. Criador do @rumpilezz, um grande talento e uma cabeça super pensante".

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, afirmou que hoje é um dia triste para a música de todo o Brasil. "O maestro Letieres Leite é um dos maiores músicos desse país. Sua história e legado com a Orkestra Rumpilezz jamais serão esquecidos da nossa memória. Que Deus conforte toda família e amigos neste momento de profunda dor!", escreveu.

O governador Rui Costa também usou as redes sociais para lamentar a perda. "Letieres revelou talentos com o projeto Rumpilezz e levou nossa percussão para o mundo", afirmou o petista. Rui acrescentou que "sua morte é uma enorme perda para a cultura da Bahia e para todos nós que admirávamos a sua genialidade. Que Deus conforte o coração dos seus familiares".

O vereador de Salvador e ex-secretário de Cultura e Turismo da capital baiana Claudio Tinoco também destacou a relevância do maestro para a música. “Recebi com muito pesar a notícia. Suas contribuições para a cultura e música baiana são eternas. A Orquestra de percussão e sopros Rumpilezz, maior orgulho de seus 30 anos de carreira, com fortes influências da cultura baiana, é um presente pra o nosso estado. Sua vida inteira foi baseada na arte e, através dela, ele se eterniza”, disse Tinoco.

A diretora geral da Funceb, Renata Dias, também se manifestou: "Letieres é um intérprete do Brasil e usa a música para falar da sociedade brasileira, dos significados históricos dessa sociedade. Ele é um intelectual orgânico de grande alcance criativo. Em termos de música contemporânea, é uma das maiores perdas da música brasileira. Ele alimentava o próprio conceito, o próprio estilo de música. Isso é, a criação dele afeta artisticamente outros artistas de diversas cenas, nacionais e internacionais. Ele vai continuar existindo para nós, pois a música dele dá o sentido da política pública pras artes, ele é a referência de onde é que a política pública deve estar".

O músico Rafael Pondé também se despediu. "Vá em paz e na luz maestro @letieresleite , um dia daqui há muitos anos vão escrever sobre uma revolução acontecida na Bahia capitaneada por você, que trouxe a música sacra afro baiana pra o lugar de destaque que ela sempre mereceu. Obrigado por tudo, seu trabalho musical nunca será esquecido e aquele disco que um dia faríamos juntos, será feito quando nos encontramos novamente".

Em publicação no Twitter, o cantor Ed Motta escreveu: "Você é imenso, a natureza te recebe com todos os louvores que você plantou. Você é um capítulo único na música do MUNDO. Uma benção ser seu amigo, e me sinto ainda mais protegido por você. Descansa na sua sabedoria eterna". 

Letieres recebeu também uma homenagem do Bahia. "Um gênio se foi. Nossa homenagem ao baiano Letieres Leite, maestro, compositor, instrumentista e criador do Instituto Rumpilezz. Condolências tricolores a familiares e amigos", postou o clube nas redes sociais.

Veja algumas das mensagens:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas