Ataque do Talibã deixa mais de 100 soldados mortos em base no Afeganistão

mundo
22.04.2017, 08:36:00
Atualizado: 22.04.2017, 08:47:49

Ataque do Talibã deixa mais de 100 soldados mortos em base no Afeganistão

De acordo com as autoridades locais, os talibãs usaram rifles, granadas e coletes explosivos no ataque

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Talibãs vestido de militares atacaram uma base em Balkh, no norte do Afeganistão e deixaram mais de 100 soldados mortos ou feridos. O ataque aconteceu nesta sexta-feira (21), segundo o Ministério da Defesa. De acordo com a BBC, as primeiras informações davam conta de 134. O número, no entanto, está sendo revisado. 

De acordo com as autoridades locais, os talibãs usaram rifles, granadas e coletes explosivos no ataque. Segundo o porta-voz do Ministério da Defesa, Daulat Waziri, um dos terroristas chegou a entrar em um veículo militar e disparou contra os soldados que rezavam em uma mesquita.

Em um pronunciamento, o Talibã declarou que homens-bomba fizeram o ataque no distrito de Dihdadi. O governo afegão informou que 10 deles morreram – dois suicidas e oito em combate.

Ainda segundo o pronunciamento do Talibã, o ataque foi uma retribuição  pelo recente assassinato de vários líderes do Talibã no norte do Afeganistão. O grupo terrorista pede a saída das tropas estrangeiras do país.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas