Atendimentos na UE Mãe Hilda Jitolú ficarão restritos por 48h

salvador
06.04.2021, 18:16:00
Atualizado: 06.04.2021, 18:16:13
(Foto: Reprodução/Google Maps)

Atendimentos na UE Mãe Hilda Jitolú ficarão restritos por 48h

Unidade de Emergência passará por uma série de reformas na estrutura

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma reforma na estrutura vai restringir o atendimento na Unidade de Emergência Mãe Hilda Jitolú por 48h entre a próxima quata (7) e quinta (8). Neste período, somente os pacientes classificados com a pulseira vermelha serão atendidos.

O período é o necessário para fazer o entroncamento da rede de gases medicinais da Unidade de Emergência para um imóvel que fica ao lado da Unidade e vai receber os atendimentos pelos próximos seis meses.

Enquanto isso, a Emergência Mãe Hilda Jitolú passará por reformas em sua estrutura como adequações de fluxo, substituição da cobertura, além de serviços associados à rede elétrica, hidráulica, lógica, gases, pintura e climatização.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), uma ambulância do tipo UTI será disponibilizadas para regular imediatamente os pacientes atendidos na Unidade e classificados como vermelho. Esse esquema continua até a próxima sexta (9).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas