Ato contra Bolsonaro espalha cruzes na Praça Municipal e pede por vacinas

salvador
21.02.2021, 14:06:00
(Divulgação)

Ato contra Bolsonaro espalha cruzes na Praça Municipal e pede por vacinas

Só 3% da população do país foi imunizada até agora; Salvador está sem vacinas

Uma campanha que pede a saída do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizou um ato neste domingo (21) em várias cidades, incluindo em Salvador. A ação espalhou cruzes na Praça Municipal e estendeu faixas com "Fora Bolsonaro" e "Vacina Já" ao lado do Elevador Lacerda.

O ato acontece um dia depois do Brasil registrar mais 1.345 mortes pela covid-19. Ao todo, o país já tem 244.955 óbitos pela doença desde fevereiro do ano passado, quando os casos começaram a aparecer no Brasil. Além do número de mortes, foram registrados nas últimas 24 horas 57.472 novos casos de contaminados. 

O ato também destaca a lentidão da vacinação no país. Somente 3% da população do país foi imunizada contra o coronavírus. Em algumas cidades, incluindo Salvador, já não há mais vacinas para primeira dose - a capital baiana deve receber um novo lote nesta semana.

(Foto: Divulgação)

A Campanha Nacional Fora Bolsonaro em Salvador é formada pela Frente Brasil Popular, o Fórum das Centrais Sindicais, da União de Negras e Negros pela Igualdade (Unegro), a União da Juventude Socialista (UJS), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB), além do PT e PCdoB-BA, entre outros.

Há novas ações planejadas para para acontece nas próximas semanas, incluindo uma ocupação na Lapa nas próximas quinta e sexta-feira, com aulas públicas sobre educação e saúde, e um ato de mulheres em Cajazeiras no final de março.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas