Ator de Chiquititas é morto pelo sogro; seus pais também morreram

em alta
10.06.2019, 05:44:13

Ator de Chiquititas é morto pelo sogro; seus pais também morreram

Rafael Miguel e os seus pais foram assassinados quando estavam na casa da namorada

O ator mirim Rafael Miguel, 22 anos, foi morto a tiros, junto com seus pais, nesse domingo (9), em São Paulo. Rafael ficou conhecido por estrelar um comercial em que pedia brócolis para a mãe em um mercado. 

Ele foi morto quando estava na casa da namorada, junto com os pais João Alcisio Miguel, 52 anos, Miriam Selma Miguel, 50. Segundo informações da TV Globo, eles foram recebidos pela mãe e pela namorada do jovem, Isabela Tibcherani, 18 anos. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Rafael Miguel (@rafaelmiguelreal) em

Em seguida, o pai da namorada chegou ao local e atirou contra os três. Após os tiros, ele fugiu do local. O caso é investigado pelo 98º Distrito Policial (Jardim Miriam). 

A namorada de Rafael postou uma mensagem após o crime: "estou bem, dentro do possível". Os dois estavam juntos há pouco mais de um ano.

Rafael atuou como Paçoca na nova versão da nova Chiquititas, do SBT. Colegas de elenco lamentaram a perda. Maísa escreveu no Twitter: "“Bizarro saber q uma crueldade dessas aconteceu, ainda mais com uma pessoa que eu conhecia. Mais vidas foram interrompidas pelas mãos de um homem. Rafael & família, descansem em paz. Que Deus conforte todos os corações. Que a justiça seja feita. Chega de assassinato. :( "

“Vai em paz meu irmão.... vai fazer mt falta aqui @rafaelmiguelreal”, escreveu Filipe Cavalcante, ator de Chiquititas.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas