Aumento na tarifa do transporte seria inevitável sem subsídio, diz Bruno Reis

salvador
15.03.2022, 14:32:00
(Reprodução)

Aumento na tarifa do transporte seria inevitável sem subsídio, diz Bruno Reis

Caso o subsídio federal venha abaixo do esperado, possibilidade de aumento se mantém; Tarifa custa R$ 4,40 atualmente

O prefeito Bruno Reis afirmou, nesta terça-feira (15), que há uma chance real de que a tarifa de transporte público de Salvador sofra um aumento. Em conversa com a imprensa, ele disse que, se o subsídio federal do Programa Nacional de Assistência à Mobilidade dos Idosos em Áreas Urbanas (PNAMI) não for aprovado, manter o valor atual seria difícil.

"Estamos aguardando a possibilidade da aprovação pela Câmara dos Deputado do subsídio. Ontem, eu liguei para o presidente da Câmara, Arthur Lira, e falei com ele ao telefone. Ele me disse que hoje teria uma reunião com os líderes partidários e que iria tentar pautar o projeto. [...] Estamos esperando a aprovação desse projeto para aí decidir se terá reajuste", explicou à TV Bahia.

Na ocasião, Reis fez questão de ressaltar que, se o subsídio chegar em um valor inferior do que é aguardado, as chances de aumento na tarifa se mantêm. "Se nós recebermos esse subsídio, não darei reajuste esse ano. Se não receber o suficiente, é inevitável, ainda mais diante do aumento de mais de 30% do diesel, nesses últimos dias. É inevitável não ter o reajuste”, completou.

O plano PNAMI propõe um subsídio de R$ 5 bilhões anuais do governo federal para os municípios, assegurando a gratuidade para idosos.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas