Auxiliar de Bolsonaro, Wajngarten tem suspeita de coronavírus

brasil
11.03.2020, 18:45:00
Atualizado: 11.03.2020, 18:46:04
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Auxiliar de Bolsonaro, Wajngarten tem suspeita de coronavírus

Secretário acompanhou presidente em viagem aos Estados Unidos; ele realizou exames e aguarda resultados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O chefe da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), Fabio Wajngarten, está com suspeita de coronavírus. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

O secretário acompanhou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em viagem aos Estados Unidos e retornou ao Brasil no mesmo voo do chefe do Executivo.

Segundo fontes próximas ao secretário, Wajngarten realizou exames no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Os resultados serão divulgados nesta quinta-feira (12/03).

Procurado, o Palácio do Planalto não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem. No Twitter, Wajngarten recorreu à ironia ao comentar seu estado de saúde: “Estou bem, não precisarei de abraços do Drauzio Varella”.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil tem 52 casos confirmados de doença e 907 notificações suspeitas. Outros 935 casos foram descartados.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas