Auxílio para estudantes da rede estadual será depositado no dia 23

coronavírus
15.03.2021, 10:06:29
Atualizado: 15.03.2021, 10:30:59

Auxílio para estudantes da rede estadual será depositado no dia 23

Data foi anunciada pelo governador Rui Costa, nesta segunda-feira (15)

O auxílio pago aos estudantes da rede estadual deve ser depositado no próximo dia 23, anunciou o governador Rui Costa, nesta segunda-feira (15). Ele participou da aula magna que marcou o início do ano letivo online da rede.

"Sei que as famílias passam dificuldade em todo o estado. Dia 23 vai estar depositado o auxílio-alimentação na sua conta pra quem tem aquele cartão dado no ano passado", disse o governador.

Durante a aula, Rui Costa também falou sobre os monitores que vão auxiliar nas aulas e também vão receber uma bolsa-auxílio. Serão cerca de 52 mil monitores escolares. 

"Dois alunos por turma vão receber bolsa todo mês, incusive agora em março. Mesmo na aula remota, o aluno pode auxiliar, fazer grupo de WhatdApp. Todas as escolas autorizadas a contratar provedor local acima de 100 megas, para garantir inclusive que, se o monitor escolar não tiver internet em casa, ele pode ir na escola usar o Wifi para capacitar os alunos, nos grupos de WhatsApp, Zoom", explicou o governador.

Rui disse ainda que espera que vacinação contribua para fazer a retomada gradual das aulas presenciais. "As aulas começam nesse momento, remotas, que é o momento mais crítico da pandemia. Com a compra de vacina Sputnik, estamos dando nossa parte de contribuição para acelerar vacinação e se conseguir de outro fornecedor vou comprar. A gente espera que depois disso a gente passe para a aula híbrida e espera no segundo semestre possa voltar com a aula 100% presencial", disse o governador. 

Seleção de monitores
A seleção de monitores ocorrerá de 15 a 26 de março, conforme o edital. O estudante não precisará ir na escola. Serão selecionados os estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 4ª séries do Ensino Médio e da Educação Profissional, que estejam regularmente matriculados na unidade escolar em que irá realizar a monitoria, tendo obtido aproveitamento com média final igual ou maior a oito (8,0), no ano letivo ou no trimestre anterior àquele em que será iniciada a seleção no Componente Curricular no qual pleiteia a monitoria.

Nas unidades escolares em que haja alunos com nota média igual ou maior que oito em número insuficiente ao preenchimento das vagas disponibilizadas, serão considerados elegíveis, aqueles com nota/média igual ou maior que sete (7,0).

Os selecionados receberão uma bolsa de R$ 100, durante o período de vinculação ao programa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas