Bahia pede 30% de público na Fonte Nova em outubro; Sesab avalia

e.c. bahia
22.09.2021, 18:48:00
Atualizado: 22.09.2021, 18:49:39
Último jogo do Bahia com público no estádio foi no dia 7 de março de 2020, contra o Confiança (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia pede 30% de público na Fonte Nova em outubro; Sesab avalia

Clube enviou à Secretaria da Saúde sugestão de protocolo para retorno dos torcedores ao estádio

O Bahia já está se movimentando para possibilitar a volta do público à Arena Fonte Nova. Após definir quais torcedores vão ter prioridade quando o retorno acontecer, o clube tricolor enviou um pedido de liberação e sugestão de protocolo à Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). 

No documento, a direção do Esquadrão solicita a liberação da torcida com 30% da capacidade da Arena Fonte Nova, a partir do dia 2 de outubro. Na data, um sábado, o time tem marcado o jogo contra o Ceará, às 19h. Antes, visita o Internacional, neste domingo (26), às 16h.

O protocolo sugerido pelo Bahia ainda prevê a apresentação da carteira de vacinação, uso da máscara, álcool em gel e distanciamento social. A Sesab confirmou o recebimento do documento e, em nota, disse que o pedido será avaliado. 

"O documento do Esporte Clube Bahia que solicita a presença de público na Arena Fonte Nova a partir de 2 de outubro, limitado a 30% da capacidade e seguindo os padrões sanitários, com obrigatoriedade do uso de máscara, distanciamento social e a entrada exclusiva de pessoas vacinadas, encontra-se em análise pela área técnica da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Um parecer será enviado ao governador até a próxima semana", diz o comunicado.

Na última segunda-feira (20), porém, o governador da Bahia, Rui Costa, pregou cautela, e explicou que a autorização depende do que apontar o monitoramento de casos de covid-19.  

"Não tem previsão para liberar torcida nos estádios. Nós vamos monitorar a evolução dos casos. Nós comemoramos a queda dos números, mas estamos de olho porque faz 10, 15 dias que os números estão estáveis. Em um patamar mais baixo, mas se mantendo estáveis. É um momento de comemorar a queda, mas também de ficar alerta com essa estabilidade dos casos, pois é um sinal de que a doença não foi embora, permanece aí e a gente precisa continuar se protegendo", afirmou o gestor. 

A última vez que o Bahia atuou com a presença de sua torcida foi no dia 7 de março de 2020, quando venceu o Confiança por 1x0, na Arena Fonte Nova, pela fase de grupos da Copa do Nordeste.

Na semana passada, o clube divulgou o critério para a liberação dos torcedores. O tricolor informou que os sócios torcedores com acesso garantido que estão em dia com a mensalidade terão prioridade para acompanhar as partidas do Esquadrão. 

Na sequência, serão liberados os sócios da modalidade com acesso garantido a inadimplentes que regularizarem a situação após o dia 30 de setembro e os atuais sócios que migrarem para o plano que dá direito a assistir aos jogos no estádio. 

Na terceira fase serão liberados os novos sócios dos planos com acesso garantido, e por fim será aberta a venda de ingressos apenas para os sócios do clube que não possuem o benefício de acompanhar o time no estádio. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas