Bahia tem campanha de time do Z4 no segundo turno da Série A

e.c. bahia
25.11.2019, 15:00:00
Atualizado: 25.11.2019, 16:20:48
Moisés e Lucas Fonseca tiveram queda acentuada de rendimento (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia tem campanha de time do Z4 no segundo turno da Série A

Esquadrão é o 18º colocado do ranking do returno

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Bahia está há oito rodadas sem vencer no Brasileirão. O jejum foi ampliado no domingo (24), quando perdeu de 4x3 para o Goiás, no Serra Dourada, em Goiânia. A campanha já é tão ruim que, se fosse considerado apenas o segundo turno, o Esquadrão estaria na zona de rebaixamento.

Atualmente em 10º, com 44 pontos, o tricolor somou apenas 13 nos 15 jogos do returno. Desde a 20ª rodada, conseguiu apenas 3 triunfos, 4 empates e 8 derrotas. Assim, levando em conta só este período, o Bahia apareceria na 18ª colocação - ou seja, no Z4.

A campanha do Esquadrão no segundo turno só é melhor que a do Botafogo (12 pontos) e a do Avaí (5 pontos). Os dois times, inclusive, foram batidos pelo tricolor na segunda etapa do campeonato - a outra vítima foi o Grêmio. E estão abaixo na tabela oficial, com a equipe carioca na 14ª posição e a catarinense, já oficialmente rebaixada, na 20ª.

No primeiro turno, após enfrentar os mesmos 15 adversários, o Bahia somava bem mais pontos: 21. Foram 5 triunfos, 6 empates e 4 derrotas, com o clube aparecendo na 10ª colocação.

A campanha da metade inicial do Brasileirão, inclusive, incluiu uma longa maré sem derrotas. O Esquadrão não foi batido da 11ª rodada, com 0x0 contra o Cruzeiro, até a 19ª, no 1x1 com o Fortaleza. A sequência invicta durou nove partidas e só terminou na 20ª rodada, quando perdeu do Corinthians por 2x1.

O rendimento era tão bom que o tricolor sonhava avidamente com uma vaga na Libertadores - agora, até o presidente do clube, Guilherme Bellintani, desanimou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas