Bahia tem o maior recuo no preço do etanol do país

bahia
18.02.2019, 10:50:03
Atualizado: 18.02.2019, 14:00:56

Bahia tem o maior recuo no preço do etanol do país

Segundo dados da ANP, recuo foi de 2,73%

Os preços do etanol hidratado recuaram nos postos de 17 estados e do Distrito Federal na semana passada, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Em sete deles, houve alta e, no Piauí e Amapá, estabilidade. A Bahia registrou maior recuo no preço do biocombustível na semana passada, de 2,73%.

Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP houve recuo de 0,51% no preço do etanol na semana passada ante a anterior, para R$ 2,744. 

Em São Paulo, principal Estado produtor e consumidor, a cotação média do hidratado recuou 0,04% sobre a semana anterior, de R$ 2,560 para R$ 2,559 o litro. A maior alta foi de 0,86%, foi no Rio Grande do Norte.

Na comparação mensal, os preços do etanol recuaram em 20 estados e no Distrito Federal, subiram em cinco unidades da federação e no Amapá não houve avaliação em semana correspondente do mês anterior. 

Na média brasileira o preço do etanol pesquisado pela ANP acumulou baixa de 3,04% na comparação mensal, com destaque para Mato Grosso, a maior queda nos preços do biocombustível no período mensal, de 6,55%. 

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,129 o litro, em São Paulo, e o máximo individual ficou de R$ 4,949 o litro, no Rio Grande do Sul. São Paulo mantém o menor preço médio estadual, de R$ 2,539 o litro, e o maior preço médio ocorreu nos postos do Acre, de R$ 4,021 o litro. 

Competitividade
Os preços médios do etanol permanecem vantajosos ante os da gasolina em apenas cinco estados brasileiros - Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e São Paulo, todos grandes produtores do biocombustível. O levantamento da ANP compilado pelo AE-Taxas considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido em média por 57,99% do preço da gasolina, em São Paulo por 64,52%, em Minas Gerais a 64,21% e em Goiás a 66,90%. 

No Paraná a paridade está em 69,77%.

Na média brasileira, a paridade é de 65,76% entre os preços médios do etanol e da gasolina, também favorável ao biocombustível.

A gasolina segue mais vantajosa em Roraima, com a paridade de 99,05% para o preço do etanol.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fotografa-faz-ensaios-para-negros-a-preco-acessivel-no-reconcavo/
Ellen Katarine também é trancista, dreadmaker e estudante de História na UFRB
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/do-cordel-a-escultura-leitores-fazem-homenagens-para-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-deixa-delegacia-e-volta-atacar-publico-lgbt-na-porta-de-unidade/
Na madrugada, Edson Macedo invadiu bar Caras e Bocas, destruiu local e agrediu clientes e artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/triste-sina-da-mulher-ketchup-8-anos-depois-erenildes-aguiar-enfrenta-depressao/
Sem a fama de antes, arrependida e com doença severa, Erenildes vive de remédios e trancada dentro de casa
Ler Mais