Bairros de Salvador vão voltar a ter testagens e distribuição de máscaras

coronavírus
27.11.2020, 11:00:00
Atualizado: 27.11.2020, 12:31:13
(Arquivo CORREIO)

Bairros de Salvador vão voltar a ter testagens e distribuição de máscaras

Nesse momento, não haverá restrições no comércio; dois bairros vão iniciar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito ACM Neto afirmou nesta sexta-feira (27) que as testagens para covid-19 vão voltar a ser feitas nos bairros de Salvador, como estratégia de prevenção e controle da covid-19. Ele disse que nesse momento dois bairros receberão as medidas, os nomes serão divulgados até domingo (29), mas que a intenção é estender as ações para quatro regiões da cidade. Por enquanto, não haverá restrições para o comércio.  

"Além das unidades básicas, além das UPAs, vamos começar a fazer novamente as testagens nos bairros, com as equipes volantes. Da mesma forma, vamos retomar o trabalho de distribuição de máscara e de higienização das ruas. Três das mais importantes ações de apoio e proteção à vida", disse. 

As medidas vão entrar em vigor a partir da próxima segunda-feira (30). Antes de fazer o anúncio, ele apresentou os dados da pandemia em Salvador. Houve aumento de 21% no número de novos casos de covid-19 na capital e a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está em 65%. Neto pediu a colaboração das pessoas para evitar que os números continuem crescendo. 

"Nesse momento não quero nem pensar em fechar shopping, bar, restaurante, nada disso, mas esses estabelecimentos precisam cumprir as regras. No final de semana, interditamos 15 estabelecimentos. Esse trabalho vai continuar, aliás, a fiscalização será intensificada. Usar máscara, não aglomerar e respeitar os protocolos para cada atividade é o mínimo que a gente pode fazer, mas muita gente não está fazendo nem o mínimo. Depois não venham dizer que nós não avisamos", afirmou. .

Remobilização de leitos
Antes, Neto anunciou também que vai remobilizar leitos exclusivos para covid-19 e vai enviar para a Câmara Municipal um projeto de lei que permita a reativação dos leitos para que a taxa de ocupação máxima permaneça em 60%. .

Taxa de ocupação dos leitos atual:
UTI 241 de 372 - 65%
Clínicos 229 de 324 - 71%

Atualmente, Salvador tem 696 leitos clínicos e de UTI para atender pacientes com o novo coronavírus. No pico da crise, a cidade chegou a ter 1.406 acomodações. O prefeito frisou que esses leitos podem ser reativados, e que se eles ainda estivessem ativos a taxa de ocupação da UTI seria de 35% e clínico 32%.

Neto contou também que a prefeitura está elaborando um planejamento para vacinação contra covid-19, apesar de ainda não existir um imunizante aprovado. A intenção é já deixar a cidade preparada para quando a imunização estiver autorizada. 

Outra novidade foi a prorrogação dos contratos Reda para profissionais de saúde. Essas contratações estavam previstas para serem encerradas em dezembro, mas serão estendidas por mais alguns meses. 

Confira as medidas anunciadas pela prefeitura:
- Plano de remobilização de leitos de covid-19
- Elaboração do plano de imunização visando a logística e aplicação da vacina contra covid-19 em Salvador
- Isolar e rastrear contatos - Projeto Salvador Protege
- Renovação do reda covid-19
- Realização e acompanhamento do soroinquérito nos 12 distritos sanitários
- Acompanhamento das ações do plano de contingência
- Disponibilização da testagem domiciliar para casos específicos
- Acompanhamento das instituições de longa permanência de idosos
- Implantação de sistema tira-dúvidas (aplicativo/totem) nas unidades de saúde
- Mensagens via SMS sobre medidas de prevenção e controle do covid-19 para os casos suspeitos notificados nos sistemas Sivep Gripe e ESUS.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas