Balanço Sisu 2019: MEC registra uma média de duas mil inscrições por minuto

educamais
23.01.2019, 14:05:00
Inscrições para 14 mil vagas na Bahia começaram na terça-feira (22) através do Sisu (Shutterstock)

Balanço Sisu 2019: MEC registra uma média de duas mil inscrições por minuto

Em um dia, já foram contabilizados mais de 166 mil inscritos

Somente no primeiro dia, o Ministério da Educação (MEC) já registrou mais de 166 mil inscritos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019. De acordo com balanço da equipe de monitoramento entre às 0h e as primeiras horas do dia foram contabilizadas mais de 309 mil inscrições, o que representa uma média de duas mil inscrições por minuto.

E o número tende a crescer ainda mais já que os interessados têm até o dia 25 desse mês para se inscrever exclusivamente pela página do Sisu na internet com o número de inscrição do Enem. Cada candidato poderá escolher até duas vagas, especificando a ordem de preferência, o turno e a modalidade de concorrência.

Pode participar do Sisu 2019 quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 e não tenha zerado a redação. Como o Sisu é atualizado em tempo real é necessário que o candidato acesse diariamente o sistema para saber qual a sua posição. Nesta primeira edição do Sisu em 2019 estão sendo ofertadas 235.461 vagas, distribuídas em 129 universidades e institutos federais de educação superior espalhados por todo o país.

Simulador é novidade

Uma nova ferramenta lançada pelo MEC permite aos candidatos comparar informações e, a partir da sua nota, verificar em qual universidade pode vir a ser aprovado e em quais cursos. O simulador também serve como auxílio para saber o que é preciso melhorar na nota do Enem para conseguir aprovação no curso de interesse. Para utilizar a plataforma basta acessar o site do Sisu e clicar em “simule aqui seu desempenho do Sisu”. Na outra página, terá a opção “download”. Depois de instalado, basta inserir as notas obtidas no Enem e filtrar a comparação por região, turno e cursos.

Bolsas de estudo para faculdade

Quem não conseguiu uma boa nota na redação do Enem ou chegou atrasado e perdeu a prova ainda tem uma chance de começar a graduação com uma bolsa de estudo do Educa Mais Brasil. Sem a necessidade de comprovar renda para participar do processo seletivo, os interessados podem acessar o site do programa, filtrar a faculdade pela cidade, escolher o curso de interesse e realizar a inscrição e forma gratuita.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas