Bancos terão que organizar filas respeitando distanciamento

coronavírus
02.04.2020, 11:46:15
(Foto: Arisson Marinho/Arquivo CORREIO)

Bancos terão que organizar filas respeitando distanciamento

Quem descumprir decreto municipal poderá ter agência interditada

As agências bancárias que funcionam em Salvador terão que organziar filas respeitando uma distância mínima de um metro entre os clientes em atendimento e aqueles que estiveram aguardando na parte externa. A medida é parte de um decreto municipal publicado em edição extraodinária do Diário Oficial do Município. Os responsáveis pelos bancos terão que fazer sinalização horizontal disciplinadora e utilizar demais ferramentas que se mostrem necessárias. Quem não cumprir o decreto terá aus agências interditadas.

De acordo com o decreto, os bancos localizados em shoppings centers e similares, que são credenciados para o pagamento de auxílios municipais, estaduais ou federais, poderão funcionar para atendimento aos beneficiários desde que haja acordo com os estabelecimentos comerciais - para isso, também terão que cumprir as mesmas regras de distanciamento e organização das filas. 

A medida já havia sido anunciada pelo prefeito ACM Neto, e começa a valer nesta sexta-feira (3). Nesta quinta (2), durante a inauguração de uma unidade de saúde em Itapuã, ao lado do governador Rui Costa, o prefeito voltou a cobrar um compromisso maior das instituições bancárias no enfrentamento ao coronavírus e no suporte ao cidadão diante das restrições da atividade econômica. 

"Os bancos serão interditados e terão atividades suspensas pela Prefeitura se não cumprirem o decreto. No início da crise, os próprios bancos pediram que a gente não fechasse as agências, e avaliamos que isso causaria, de fato, transtornos grandes para a população. Mas isso não significa dizer que eles possam funcionar de qualquer jeito nesse momento de crise", disse ACM Neto. 

O prefeito acrescentou que tem percebido aglomerações em bancos. "Temos percebido maiores aglomerações nos bancos, sobretudo nesse período de final e início de mês, quanto entram os pagamentos de salários. Mesmo essa medida de priorizar os idosos no atendimento entre 9h e 10h, o que não está resolvendo. A Prefeitura, inclusive, antecipou o pagamento dos vencimentos dos servidores inativos para evitar que eles se aglomerassem, mas o problema persiste. As pessoas precisam entender que, ao se aglomerarem, elas correm riscos. E os bancos precisam atuar para evitar isso. Por isso, a necessidade do decreto", acrescentou o prefeito.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas