Bandidos explodem agência do Banco do Brasil em Mairi

bahia
24.04.2017, 13:58:00
Atualizado: 24.04.2017, 16:21:54

Bandidos explodem agência do Banco do Brasil em Mairi

Dez homens armados cometeram o crime na madrugada desta segunda-feira (24)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A madrugada desta segunda-feira (24) foi de pânico para os moradores de Mairi, cidade a quase 300 quilômetros de Salvador. Dez homens armados com fuzis e espingardas explodiram a agência do Banco do Brasil no Município por volta de 1h20 da manhã e conseguiram explodir um dos cofres da instituição. Não há informações sobre a quantia levada pelos bandidos. 

O delegado da cidade de Mairi, Zenon de Almeida, informou que o bando ainda fez dois reféns. "Quando eles estavam se dirigindo para a cidade pararam uma van que levava pacientes para Salvador para fazer exames. Levaram o motorista e mais um passageiro", disse. Segundo ele, após a ação eles foram liberados. Ninguém se feriu. 

Transeuntes que passavam pelo local durante a ação criminosa tiveram os celulares roubados pelos bandidos. Porém, nenhuma das vitimas conseguiu identificar os integrantes da quadrilha, já que todos estavam de máscaras de meia e usavam calça e camisa comprida. Câmeras de segurança da gravaram apenas parte da ação. 

Segundo a Polícia Civil, os criminosos fugiram um veículo do tipo Ford Ranger na cor branca para fugir. O carro foi encontrado em chamas entre povoados de Angico, em Mairi, e o povoado de Lajes, em Mundo Novo. O delegado Zenon de Almeida acredita que o bando contava com reforço de outros carros. 

Guarnições da Companhia Independente de Polícia Especial do Semiário (CIPE Semiáriado), da 91ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Capim Grosso e equipes da Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) estão em diligência na região para identificar os autores do crime. Nenhum suspeito foi preso até o momento. 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas