Banho de mar volta a ser permitido no Rio de Janeiro

coronavírus
01.08.2020, 09:39:00
(AFP)

Banho de mar volta a ser permitido no Rio de Janeiro


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A partir deste sábado, 1.º, o banho de mar, proibido no município do Rio de Janeiro desde março em função da pandemia de covid-19, volta a ser autorizado. Mas a permanência dos banhistas na areia segue proibida. A regra foi anunciada pelo prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e faz parte da fase 5 de flexibilização das regras de isolamento social em função da pandemia.

Também foi confirmada a liberação para que escolas particulares reabram, de forma voluntária, e os bares, restaurantes e lanchonetes, que até então tinham que fechar às 23h, estão autorizados a funcionar até a 1h.

Os shoppings centers retomam o horário de funcionamento habitual, das 10h às 22h, e as lojas de rua podem abrir às 9h aos sábados e domingos, com horário de fechamento liberado. De segunda a sexta-feira, a abertura continua autorizada só a partir das 11h, com horário de fechamento livre. Também foi permitido o retorno das atividades de massagem, maquiagem e sauna.

"A curva de óbitos caiu. Temos a esperança de não ter uma segunda onda da doença no Rio. À medida que olhamos os indicadores, nossa convicção e fé é de que não teremos uma segunda onda", afirmou Crivella.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas