BBB 17: Pai de Emilly chama Marcos de falso: 'a máscara caiu'

TV
30.03.2017, 16:00:00

BBB 17: Pai de Emilly chama Marcos de falso: 'a máscara caiu'

"Marcos era um cara que tentava transmitir a imagem de bonzinho para nós, mas fica sempre humilhando a guria", criticou

Na festa Rio de Janeiro, na quarta-feira (29), Emilly, Marcos e Ilmar se estranharam. Após discussões, a sister de afastou dos amigos e decidiu ficar mais próxima à Ieda, que chegou a propor aliança à gêmea. O clima ficou tão pesado que Ilmar declarou que poderia emparedar a participante. "Se amanhã eu pegar o Líder, e resolver pôr ela no Paredão, eu ponho. Não tenho compromisso com ela, a não ser a minha promessa que eu fiz pra você de proteger ela, mas proteger tem limite! Ela não é minha opção de voto. Eu quero ir pra final com ela e, inclusive, ganhar dela pelos meus méritos", desabafou.

Pai de Emilly criticou Marcos (Foto: Reprodução)

Ao assistir às cenas, inclusive de Marcos falando sobre seu interesse por Vivian, o pai de Emilly, Valter Alves, falou sobre o médico. "Eles agora tão jogando. É o jogo e vão partir para cima porque sabem que ela é forte. O Mamão já declarou que vai votar nela. Marcos era um cara que tentava transmitir a imagem de bonzinho para nós, mas fica sempre humilhando a guria. Agora, a máscara caiu", criticou. 

Eles querem jogar para ganhar, mas nossa torcida está muito forte. Quem manda é o pessoal de fora. A minha filha não tem maldade e eles se aproveitam disso aí. Ela não enxerga os inimigos que tem por perto. No momento em que ela souber de tudo que esse cara fez, Emilly desiste dele. Não vai dar certo esse relacionamento. É muita falsidade e maldade dele. Quem sabe da vida dela é ela. Se, mesmo assim, minha filha quiser ficar com ele, eu apoio", completou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas