Bellintani anuncia saída de Jadson e prevê chegada de até 3 reforços

e.c. bahia
06.10.2020, 13:44:00
Atualizado: 06.10.2020, 13:46:33
Técnico Mano Menezes é quem tem o papel de indicar os jogadores que o Bahia deve buscar no mercado (Foto: Bruno Queiroz/EC Bahia)

Bellintani anuncia saída de Jadson e prevê chegada de até 3 reforços

Contratações estão sendo indicadas pelo técnico Mano Menezes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em crise no Campeonato Brasileiro, o Bahia continua promovendo mudanças no elenco. Após emprestar o zagueiro Ignácio ao CSA, o tricolor está desligando o volante Jadson do grupo de atletas de Mano Menezes.

O anúncio foi feito pelo presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, durante entrevista ao Sócio Digital, plataforma do clube. De acordo com ele, outros jogadores também podem deixar o clube nos próximos dias.

"Ser presidente do Bahia é um cargo muito difícil. A gente tem que tomar decisões que não cabem meio termo. Quando tivemos oportunidade de rescindir com Fernandão, quando vendemos Flávio ou trouxemos Elias. A gente agora tem o desligamento de Jadson para a recomposição do elenco. Podemos ter outros desligamentos e estamos conversando, sem querer fazer de qualquer jogador o responsável pela crise", disse.

Contratado junto ao Cruzeiro no início da atual temporada, Jadson fez apenas 12 partidas pelo Bahia. Após a chegada de Mano, com que o volante já havia trabalhado no time mineiro, ele ganhou a condição de titular nos confrontos com Atlético-GO e Corinthians. Depois disso o jogador perdeu espaço e não vinha sendo relacionado nem para o banco de reservas.

Além da saída de Jadson, Bellintani afirmou que o Bahia ainda está em busca de reforços. Segundo ele, a intenção é a de anunciar a chegada de até três jogadores. Sem revelar nomes ou posição, Bellintani disse ainda que tem negociação com uma dessas peças e que as contratações estão indicadas diretamente por Mano Menezes. Até o momento, apenas o zagueiro Anderson Martins e o volante Elias foram contratados pelo clube. 

"A gente tem procurado analisar com tranquilidade e exigência, entendendo que podemos ter problemas em vários aspectos... A gente tá fazendo alguns movimentos, primeiro as contratações. Estamos buscando algumas contratações. Devemos fazer mais duas ou três. Esse momento é de contratar para impacto de curto prazo. Essas contratações são de desejo da comissão técnica e estamos colocando na mão de Mano Menezes. Apenas uma das três está em negociação, até porque a comissão não cravou. Está em análise, a comissão está buscando o perfil. Assim que nos derem a demanda, vamos buscar", explicou.

Mudanças no futebol
Outro tema abordado por Bellintani durante a entrevista foi sobre o departamento de futebol, comandado por Diego Cerri. Questionado sobre o trabalho desempenhado pelo atual diretor, o presidente tricolor afirmou que a responsabilidade não é apenas de Cerri e reconheceu que o setor precisa passar por mudanças.

"Ninguém vai fazer blindagem para um trabalho que não vem tendo resultado. Se eu disser que as coisas estão acontecendo, serei chamado de louco. Essa responsabilidade não é de uma única pessoa. O futebol se acostumou a individualizar os erros e trituram as pessoas. Acho que as decisões de Diego Cerri foram tomadas em conjunto com as comissões técnicas, análise de desempenho e o próprio presidente. Não coloco nenhum herói na hora do sucesso e não vou crucificar ninguém na hora do fracasso. É preciso mudar o departamento de futebol para soluções, mas não vou colocar ninguém na minha frente para me proteger", finalizou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas