Blitze da Transalvador flagram 384 pessoas sem máscara em veículos

coronavírus
30.04.2020, 16:31:37
Atualizado: 30.04.2020, 16:35:44
(Jefferson Peixoto/Secom)

Blitze da Transalvador flagram 384 pessoas sem máscara em veículos

A fiscalização tem caráter educativo e visa levar ao conhecimento da população a obrigatoriedade do uso das máscaras como forma de prevenção contra o coronavírus

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) flagrou 384 pessoas sem máscara durantes viagens em veículos durante uma semana das blitze de verificação do uso da proteção por motoristas e passageiros. Ao todo, a Prefeitura abordou 369 automóveis em diversos pontos da capital baiana. Durante as ações, apenas 230 faziam uso do item de proteção.

A princípio, a fiscalização tem caráter apenas educativo e apenas visa levar ao conhecimento da população a obrigatoriedade do uso das máscaras como forma de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19), determinada no decreto municipal 32.357, publicado no último dia 20 e com vigência desde a quinta-feira passada (23).

A lei sancionada pelo prefeito ACM Neto vale para veículos que estiverem com mais de um ocupante, incluindo o motorista. Ou seja, em qualquer meio de transporte com mais de uma pessoa, o condutor e o passageiro precisam utilizar o item de proteção. 

Ao longo dessa semana, as ações de fiscalização foram realizadas nas avenidas Presidente Costa e Silva (Dique do Tororó), Centenário, Mário Leal Ferreira (Bonocô), Dom João VI, Jequitaia, Rótula do Abacaxi, Ribeira e nas imediações do Shopping Bela Vista. Além da orientação verbal, os agentes do órgão de trânsito distribuem panfletos com informações sobre a obrigatoriedade do uso do material e dicas para a prevenção do coronavírus.

Para o superintendente da Transalvador, Fabrizio Muller, a população precisa compreender que o uso de máscaras neste momento é importante para ajudar a reduzir o contágio do coronavírus. “Nessas blitze, temos percebido que as pessoas têm adotado o uso das máscaras e, no decorrer dos dias, os ocupantes sem o item de proteção tem diminuído. Nas nossas abordagens, os agentes orientam e distribuem materiais educativos destacando a importância de fazer uso do equipamento de segurança”, esclarece.

Ônibus
Desde a última sexta-feira (24), a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) tem distribuído máscaras nas estações de transbordo e planos inclinados de Salvador, com o intuito de disponibilizar o item para quem ainda não tem. 

A medida permite que a população se proteja contra a proliferação do coronavírus e cumpra a determinação de obrigatoriedade do uso de máscaras no transporte público, prevista em decreto e em vigor desde a última segunda (27). 

A utilização do equipamento de proteção individual é uma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde para inibir a transmissão da Covid-19.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas