Bolsonaro cancela pronunciamento em rádio e TV após emissoras serem avisadas

brasil
02.03.2021, 12:30:04
Atualizado: 02.03.2021, 12:35:07
(Foto: Carolina Antunes/PR)

Bolsonaro cancela pronunciamento em rádio e TV após emissoras serem avisadas

Presidente falaria em cadeia nacional nesta terça-feira (2), às 20h30

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Minutos depois de emissoras de rádio e televisão serem avisadas de um pronunciamento de Jair Bolsonaro, que ocorreria às 20h30 desta terça-feira (2), o discurso em cadeia nacional foi cancelado pelo próprio presidente.

Segundo o jornal Correio Braziliense, fontes do governo informaram que o chefe do Executivo, em meio à pressão de caminhoneiros e parte da população, ressaltaria o decreto que zera os impostos federais do diesel por dois meses e do gás de cozinha (GLP) de forma permanente. A publicação apurou que o presidente estava preparado para gravar, quando desistiu.

Com a agenda oficial livre pela manhã, Bolsonaro se reuniu com a equipe do governo para elaborar o texto. A assessoria do Planalto não soube informar o motivo do cancelamento. Há a possibilidade de que o manifesto seja levado ao ar ao longo da semana, mas o presidente sequer chegou a gravar o vídeo antes da suspensão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas