Bolsonaro encurta folga na Bahia para passar Réveillon com Michelle

salvador
30.12.2019, 17:59:13
Atualizado: 30.12.2019, 18:42:53

Bolsonaro encurta folga na Bahia para passar Réveillon com Michelle

Presidente foi ao Farol da Barra nesta segunda; administrador do museu comenta visita

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não passará a virada do ano em Salvador. De folga na Praia de Inema, na Base Naval de Aratu, ele decidiu voltar para Brasília nessa terça-feira (31) para passar o Réveillon em família, ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que não veio à Bahia por conta da possibilidade de realização de uma cirurgia de baixa complexidade.

A informação do retorno do presidente à capital federal foi confirmada pelo chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Fábio Wajngarten. “O presidente Bolsonaro decidiu passar o Réveillon com a família, aqui em Brasília. Volta amanhã. Dona Michelle não operou e não opera antes da virada. Reveillón será no Palácio da Alvorada mesmo”, confirmou. Ainda não há informação se o presidente, que ficaria em Inema até o dia 5, voltará para Salvador depois da virada de ano.

Passeio de segunda
Depois do final de semana de descanso nas praias do Subúrbio de Salvador, onde chegou a pescar, o presidente voltou a ter contato com a população durante uma visita ao Farol da Barra, nesta segunda-feira (30). No percurso entre o carro e a fortificação, realizado em cerca de dois minutos, o presidente acenou e cumprimentou apoiadores, além de tirar fotos com um cadeirante e uma baiana vestida de vermelho, identificada como Flávia.

Um vídeo mostra os apoiadores do presidente o recepcionando com gritos de "mito", "meu presidente", "bem vindo à nossa Bahia" e "olha o presidente aí, pivete". Um grupo de oposicionistas que estava no local tentou começar uma vaia, mas foi logo abafado pelos seguidores de Bolsonaro. 

O líder nacional visitou o ponto turístico da capital baiana ao lado apenas de assessores e seguranças, tendo apoio de policiais também. Apesar do esquema de segurança, os populares não foram impedidos de chegar perto do presidente. Assista.

A passagem de Bolsonaro por um dos principais pontos turísticos de Salvador pegou os ambulantes, turistas e banhistas da região de surpresa. 

“De repente vários carros e viaturas chegaram aqui. Fiquei curiosa para saber quem era. E só soube que era ele quando ele saiu do veículo”, contou uma vendedora ao CORREIO.

Ida ao Museu
A razão da ida de Bolsonaro ao Farol da Barra foi o desejo do mesmo em conhecer o Museu Náutico da Bahia, localizado dentro da fortificação. Durante cerca de uma hora de visitação, que estava programada desde a última sexta-feira (27), o presidente pôde conhecer a história civil e militar da navegação na Bahia. “Ele conheceu o museu inteiro, todo o nosso acervo, os instrumentos náuticos, de cartografia, as miniaturas…”, conta Reuben Bello Costa, administrador do local e guia do presidente durante o ‘tour’.

De acordo com Reuben, dois foram os itens que mais chamaram a atenção do chefe do executivo: uma pintura que retrata a época das grandes navegações e o graminho, um ábaco de mais de 600 anos que servia de ferramenta para a construção dos saveiros. “Ele ficou encantado com o nosso acervo. Sempre fazendo comentários. Por exemplo, quando conversávamos sobre sobre como os navegantes se localizavam em mar aberto, ele mencionou o Tratado de Tordesilhas”, lembra Reuben.

Reuben Bello Costa, administrador do Museu Náutico e guia do presidente no ‘tour’ pelo local (Foto: Marina Silva/CORREIO)

A visita de Bolsonaro foi comemorada pelo administrador do museu. De acordo com ele, este é o primeiro presidente a conhecer as instalações do local neste século. Reuben também acredita que a ida o chefe do executivo ao local pode ser uma força política importante a fortificação, que pleiteia junto a Organização das Nações Unidas o título de Patrimônio da Humanidade.

“É importante e muito gratificante saber que um presidente tem interesse em conhecer e preservar o acervo histórico do museu que eu administro há mais de 20 anos. Não fiquei nervoso por saber que seria o guia, mas bastante motivado por acreditar que esta visita é bastante importante por poder mostrar toda a cultura e história localizada aqui”, comemora Reuben.

Confira galeria de fotos de parte do acervo visitado pelo presidente.

Presidente conheceu instrumentos náuticos, de cartografia e miniaturas no Museu Náutico
Presidente conheceu instrumentos náuticos, de cartografia e miniaturas no Museu Náutico (Foto: Marina Silva/CORREIO)
(Foto: Marina Silva/CORREIO)
(Foto: Marina Silva/CORREIO)
(Foto: Marina Silva/CORREIO)
(Foto: Marina Silva/CORREIO)
(Foto: Marina Silva/CORREIO)

Turismo pela Bahia
Antes de ir à Barra, o presidente, que está hospedado na Base Naval de Aratu, fez uma parada em um posto de combustíveis em Simões Filho, às margens da BR-324, onde fez um lanche e tirou fotos com diversas pessoas. Foi ao Rei da Pamonha e ainda parou numa barraca de pastel e caldo de cana. Na ocasião, também conversou com policiais e caminhoneiros.

Bolsonaro passaria o Réveillon na Base Naval de Aratu, que fica a cerca de 20 quilômetros do Centro de Salvador. Ele embarcou na sexta-feira (27) e a expectativa era que só retornasse para Brasília no dia 5 de janeiro.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, não acompanhou o presidente, que veio à capital com a filha Laura, entre outros parentes. Jair Bolsonaro afirmou que ela não viajaria porque seria submetida a uma cirurgia, sem detalhar o procedimento. Na sexta-feira, a própria primeira-dama falou com jornalistas e disse que o procedimento "não é grave".

Museu Náutico da Bahia
Quem quiser repetir o roteiro de Bolsonaro e conhecer o museu que funciona dentro do Farol da Barra verá um acervo que mostra a história da fortificação, as razões de sua construção, exposições, maquetes de navios e itens náuticos da época da Grandes Navegações. O local funciona de terça à domingo e a entrada custa R$ 15.

*Com supervisão do editor João Galdea.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/amazon-recebe-criticas-por-reproduzir-holocausto-como-jogo-de-xadrez-em-serie/
'Hunters' é estrelada por Al Pacine e traz grupo de caçadores de nazistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-do-carnaval-hoje-tem-cortejo-afro-baiana-system-pabllo-vittar-e-mais/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/passagem-de-mano-brown-na-barraondina-causa-comocao/
Multidão cantou junto com ele letras inteiras de clássicos dos Racionais MCs
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cronicas-do-guerreiro-dia-4-o-fenomeno-baiana-system/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fundacao-pierre-verger-tem-2o-batizado-de-capoeira-da-dende-de-aro-amarelo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-do-carnaval-hoje-tem-ivete-praca-castro-alves-e-mais/
Jorge Gauthier traz os destaques do dia para o folião
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-sobre-jose-mojica-marins-esta-no-youtube-na-integra/
Canal Space liberou produção gratuitamente para homenagear criador de Zé do Caixão
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-camarote-marcia-fellipe-relembra-polemica-sobre-irma-dulce/
Márcia Fellipe passou pelo Camarote Salvador nesta sexta-feira (21)
Ler Mais