Bombeiros resgatam mais um corpo de vítima da barragem da Vale em Brumadinho

brasil
19.10.2019, 14:33:00
Atualizado: 19.10.2019, 15:38:03

Bombeiros resgatam mais um corpo de vítima da barragem da Vale em Brumadinho

Corpo é de um homem e estava a uma profundidade entre 2,5 e 3 metros

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Foto: AFP)

Os bombeiros de Minas Gerais anunciaram ter encontrado na manhã deste sábado, 19, mais um corpo na área atingida pela lama da barragem da Vale que se rompeu em Brumadinho. O corpo, que estava na área conhecida como Remanso 3, passará agora por identificação do Instituto Médico Legal (IML). No dia 25 completam nove meses da tragédia.

Segundo informações dos bombeiros, o corpo é de um homem e estava a uma profundidade entre 2,5 e 3 metros.

Com o corpo encontrado neste sábado, sobe para 252 o número de mortes confirmadas no rompimento da barragem. Outras 19 pessoas estão desaparecidas.

No dia 16, famílias atingidas pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho ingressaram com uma queixa criminal na Alemanha contra a empresa certificadora alemã Tüv Süd, responsável pelo atestado de segurança da barragem.

Em 20 de setembro, a Polícia Federal indiciou sete funcionários da Vale e seis da Tüv Süd por falsidade ideológica e produção de documentos falsos, por três vezes, em processo que investiga o rompimento da barragem em Brumadinho. Em outro procedimento, também sobre a ruptura da estrutura, a PF já tem condições de apresentar indiciamentos, no mínimo, por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, contra investigados ainda não definidos.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas